empreender com a herospark

A gestão de produtos digitais tornou-se completamente indispensável em um mundo onde os infoprodutos fazem parte do dia a dia da maioria das pessoas. 

No entanto, muitos empreendedores que trabalham com esse tipo de produto ainda não sabem como gerir de forma eficaz o seu negócio. Logo, não conseguem atender às reais necessidades de seus clientes, o que impacta diretamente nas suas vendas. 

Portanto, se você ainda não conhece bem o assunto ou enfrenta dificuldades para gerir os seus produtos digitais, este conteúdo é para você! Continue a leitura para entender tudo sobre essa importante gestão e modificar de vez a realidade do seu negócio!

O que é gestão de produtos digitais?

A gestão de produtos digitais consiste em um conjunto de práticas e atividades que envolvem a administração completa de um produto digital, desde o momento da sua concepção até a sua disponibilização para venda ou consumo.

Assim, o profissional dessa área é responsável por conectar os objetivos da empresa com as necessidades do seu cliente. 

Diferentemente do marketing de produto, que atua focado em prospectar novos clientes, a gestão de produtos digitais tem como objetivo entender se a necessidade do cliente está sendo atendida, bem como compreender a sua satisfação com o produto. 

 

Por que devo fazer uma gestão de produtos digitais?

Se você deseja impactar a sua persona com o seu produto digital, é mais do que necessário geri-lo para que ele evolua conforme as necessidades do seu cliente.

Isso porque, estar atento ao que o consumidor deseja, é essencial para que a sua entrega continue a agregar valor a longo prazo, para além das funcionalidades do produto. 

Assim, por meio de pesquisas com clientes e/ou análises de dados de comportamento, você consegue investir esforços em um produto que realmente vale a pena e é útil para o seu público.

Do contrário, além do gasto de recursos e energia, o desempenho do projeto e a saúde financeira do negócio podem ser prejudicados. Afinal, sem o acompanhamento de perto e com indicadores-chave bem definidos, será como caminhar no escuro, sem saber se o que foi desenvolvido funciona ou não. 

 

3 exemplos de gestão de produtos digitais que deram certo 

Agora que você já sabe a importância da gestão para o sucesso do seu infoproduto, é hora de conhecer 3 exemplos do mercado que se destacam com a gestão de produtos digitais. Confira!

 

Netflix

A maior plataforma de streaming de filmes, séries e documentários não poderia deixar de marcar presença neste conteúdo.

Isso porque, apesar do seu sucesso já conhecido, em 2020, a empresa norte-americana bateu um recorde incrível: alcançou a marca de 200 milhões de assinantes na pandemia, sendo 38 milhões somente em 2020! 

Isso significa que em um período de isolamento social, a Netflix se destacou pelo seu serviço de streaming, que conta com atualizações de conteúdos mensais, além de ter um algoritmo que entende as preferências do assinante

Com certeza você já encontrou uma lista de filmes semelhantes ao último que assistiu. Isso mostra uma preocupação da plataforma em atender às necessidades do cliente para cumprir com o seu objetivo de entretenimento e entregar valor ao entender exatamente aquilo que o usuário precisa. 

 

Facebook 

O que começou como uma comunidade de poucas pessoas, logo se tornou febre e passou a ser parte da estratégia das empresas

Além disso, apesar de começar como uma plataforma gratuita, em pouco tempo o Facebook precisou se adequar para também gerar lucro, tendo os anunciantes como a principal fonte de recursos.

As mudanças mostram como a gestão precisa estar atenta às necessidades da empresa, para que ela caminhe lado a lado com a necessidade do cliente. 

Assim, além de inserir uma nova possibilidade de monetização, o Facebook também contribuiu para o propósito de outros negócios. 

 

Nubank

A fintech brasileira é destaque entre os produtos digitais do mercado de tecnologia financeira. Tendo surgido a partir de uma necessidade latente das pessoas e diante dos processos burocráticos nos bancos tradicionais, o Nubank se destacou pela facilidade para solicitar um cartão. 

Ainda que atualmente existam outras fintechs, o Nubank foi o começo para que os produtos digitais do mercado financeiro pudessem, hoje, existir e desenvolver ainda mais opções para os consumidores. 

Por se tratar de um banco digital, o seu suporte é feito todo através de um chat, sem a necessidade de deslocamento até uma agência bancária.  

Assim, além de proporcionar mais agilidade ao usuário, a fintech agrega valor ao ressignificar uma experiência negativa com bancos tradicionais.

 

Como fazer a gestão de produtos digitais?

Entender a importância é apenas o primeiro passo para começar a sua gestão de produtos digitais. Por isso, a partir de agora, você vai entender como fazer e quais pontos são essenciais para uma gestão eficiente, que potencialize os resultados do seu negócio.

 

1. Saiba quem é o seu cliente e o que ele precisa

Parece básico, mas muitas pessoas ainda se arriscam a iniciar um projeto de um produto digital sem conhecer a fundo a sua persona.

No entanto, entender os gostos do seu cliente, como ele se comporta, quais são as suas dores e a percepção que ele tem sobre o seu produto digital é fundamental para desenvolver e evoluir o seu negócio como um todo.

 

2. Conheça o mercado e faça um planejamento 

Entender o mercado no qual você está inserido também é importante para a sua gestão. Por isso, fazer um benchmarking e acompanhar a concorrência ajuda a diferenciar o seu produto, uma vez que você compreende qual necessidade não está sendo atendida. 

Então, a partir daí, você poderá fazer todo o planejamento, desde a definição do nicho até o cronograma de execução do seu produto digital. 

 

3. Oriente-se por dados, e não achismos

Hoje, o termo “data-driven” está mais na moda do que nunca, e não é por acaso. Afinal, não basta mais orientar estratégias com base em percepções pessoais. 

Mais do que nunca, os negócios estão orientados a partir dos dados coletados, que serão responsáveis por definir suas ações. 

E, felizmente, as ferramentas para isso são muitas! Google Analytics é apenas um de muitos exemplos que proporcionam insights valiosos. 

Então, agora que você já sabe tudo sobre a gestão de produtos digitais, é hora de colocá-la em prática em seu negócio! Não perca tempo!

E se você quiser conhecer as plataformas para hospedar os seus infoprodutos, confira o artigo “Plataforma de produtos digitais: Qual a melhor?” e tire todas as suas dúvidas!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *