6 melhores plataformas de cursos online + 9 dicas para escolher

plataforma cursos online
Se você está pensando em entrar no mundo digital, escolher uma boa plataforma cursos online é fundamental para obter sucesso nessa área. Veja como escolher uma para o seu negócio.

Ter uma plataforma de cursos online pode ser um momento decisivo na sua carreira de empreendedor digital. Afinal, o ensino à distância está cada vez mais popular, seja para obter alunos e ter uma renda extra ou realizar treinamentos corporativos.

Acredita-se que, até 2025, o mercado de aprendizado online ultrapassará os US$ 300 bilhões, considerando indivíduos e empresas que investem nos cursos pela internet, segundo a Global Market Insights

Por isso, seja qual for o seu negócio – cursos técnicos, livres, de idiomas ou preparatórios para vestibulares, essa é a hora de adquirir uma boa plataforma. 

Assim, neste artigo, você vai conferir as melhores dicas de como escolher objetivamente uma plataforma de cursos para o seu negócio. Boa leitura!

 

Melhores plataformas de cursos online: quais são? 

 

1. Udemy

A Udemy é para quem quer ensinar e aprender. Ela existe desde 2009 e o seu propósito é disseminar conhecimento, já que foi fundada na ocasião em que Eren Bali, o CEO, ganhou seu primeiro computador e passou a devorar aulas online. 

 

Vantagens para o produtor

  • É uma plataforma conceituada e de longa experiência no mercado;
  • Tem muitas possibilidades de formato: vídeo, arquivo do PowerPoint, podcasts, etc.

 

Vantagens para o aluno

  • Disponibiliza cursos de desenvolvimento web, idiomas, finanças e contabilidade, ou seja, uma grande variedade;
  • Concede acesso vitalício ao curso, depois de adquirido;
  • Conta com garantia de 30 dias;
  • Oferece valores acessíveis e promoções recorrentes.

 

Desvantagens

  • Trabalha com cursos livres, os quais não servem como extensão universitária; 
  • Aceita cursos cujos professores não são necessariamente especialistas, embora tenham domínio do conteúdo;
  • Podem ser encontradas aulas de todo tipo de qualidade, então existem chances de o aluno se frustrar com elas; 
  • Retém boa parte do faturamento, ainda mais por ser do tipo marketplace.

 

2. UOL EdTech

É a outrora Ciatech, fundada em 1996, e que agora faz parte do Grupo UOL, empresa de conteúdo, tecnologia, serviços e afins. Tem experiência de longa data em aprendizagens digitais, plataformas tecnológicas e metodologias modernas.

 

Vantagens para o produtor

  • Conta com a Academia Sapiência, que serve como extras sobre atualidades, idiomas e outras skills;
  • Possui grande variedade de formatos de materiais e repositório bem organizado.

 

Vantagens para o aluno

  • Faz Social Learning, que permite a colaboração do aluno;
  • Oferece diversos tipos de certificados, seja por trilhas, cursos e aprendizados.

 

Desvantagens

  • Anuncia serviços voltados apenas às empresas e às instituições de ensino, não para produtores individuais. 

 

3. SambaTech

Seu forte é a produção em vídeo e sua experiência no mercado é desde 2010. Fez parcerias com grandes instituições, como o Massachusetts Institute of Technology (MIT), para melhorar suas estratégias. 

 

Vantagens para o produtor

  • Faz encoding automático, isto é, qualquer formato de vídeo é aceito;
  • Hospeda e distribui os cursos;
  • Oferece período de teste gratuito;
  • Possibilita a monetização dos vídeos.

 

Vantagens para o aluno

  • Conta com opções de compras de aulas avulsas, assinaturas ou pacotes;
  • Utiliza player exclusivo.

 

Desvantagens

  • Enfatiza o conteúdo audiovisual, o que, em algum momento, pode deixar o aluno que prefere as leituras pouco contemplado;
  • Exibe anúncios aos alunos, o que pode prejudicar o aprendizado.

 

4. Eadbox

Essa plataforma tem um caráter mais ligado ao desenvolvimento profissional e de cursos online para alavancar carreiras. 

A Eadbox começou em 2013, em Curitiba, com o objetivo de ser uma plataforma inovadora de Ensino à Distância (EaD), altamente adaptável às necessidades dos clientes. Ela já criou mais de 35 mil cursos.

 

Vantagens para o produtor

  • Divulgação das aulas forma especializada, com estratégias de Search of Engine Optimization (SEO) e Google Adwords;
  • Oferece período de teste gratuito;
  • Possui interface Drag and Drop. Não precisa saber códigos, basta arrastar e soltar botões e elementos para customizar o seu espaço online;
  • Gera relatórios prontos e fáceis de serem analisados sobre os dados dos alunos;
  • Seu perfil é ideal para o microempreendedor, pois permite a venda dos cursos também.

 

Vantagens para o aluno

  • É dinâmica, com games trilhas de conteúdo e outras estratégias motivadoras para o aprendizado;
  • Permite que o conteúdo seja assistido de qualquer lugar, como celular e tablet;
  • Conta com cupons para mais cursos.

 

Desvantagens

  • Tem velocidade limitada nos webinars.

 

5. Edools

Em 2013, a Bizstart atuava no ramo de treinamentos presenciais pelo país. Logo, viu a necessidade de entrar para o mercado de cursos online e, como não existia nenhuma plataforma que solucionasse esse problema, eles mesmos criaram uma: a Edools

No mesmo ano, a empresa recebeu mentoria da Endeavor e o negócio escalou ainda mais.

Vantagens para o produtor

  • Possui diversos produtos em um só lugar: plataformas de conteúdo, distribuição, e-commerce, gestão, automações, etc;
  • Dá a possibilidade de contratar apenas alguns desses módulos, o que proporciona economia ao empreendedor que não possui muitas condições de investimento;
  • Oferece suporte tanto ao produtor quanto ao aluno;
  • Cria treinamentos para envolver e qualificar as equipes.

Vantagens para o aluno

  • Conta com cursos focados na experiência do usuário, com design instrucional e e-learning experience;
  • Disponibiliza a opção de assistir aulas ao vivo, podendo, assim, interagir melhor com os professores.

Desvantagens 

  • Resolve problemas apenas via e-mail.

 

6. HeroSpark

A HeroSpark é uma fusão da Eadbox e Edools. O resultado é uma plataforma completa, com todas as soluções que um produtor digital precisa para prosperar na internet. O seu principal objetivo é centralizar todas as funcionalidades que são essenciais para a produção e divulgação de um infoproduto. 

Vantagens para o produtor

  • Foi desenvolvida exclusivamente para ajudar o produtor digital;
  • É gratuita;
  • Possui interface intuitiva e amigável. Ou seja, para usá-la não é preciso conhecer códigos e nem ter conhecimentos profundos;
  • Permite executar toda a estratégia de marketing em um só lugar, como criar landing pages, automatizar e-mails, hospedar cursos e publicar e-book;
  • Gera relatórios prontos e fáceis de serem analisados sobre os dados dos alunos;
  • Seu perfil é ideal para o microempreendedor, pois permite a venda dos cursos também;
  • É possível escolher a forma de pagamento que o aluno irá realizar ao se inscrever.

Vantagens para o aluno

  • É dinâmica e estimula o aprendizado;
  • Permite que o conteúdo seja assistido de qualquer lugar, como celular e tablet.

Desvantagens

  • O produtor precisa assinar um dos planos para ter acesso a mais recursos. 

No vídeo abaixo você aprende como criar um curso online na HeroSpark. Confira!

 

Qual plataforma hospedar meu curso?

A escolha da plataforma depende de vários fatores, que vão de encontro aos objetivos do seu curso, como:

  • Nicho do seu curso;
  • Valor de investimento inicial;
  • Metodologia;
  • Duração;
  • Formatos;
  • Entre outros…

Por conta disso, é preciso levantar os prós e contras antes de tomar uma decisão, pois o desenvolvimento do curso irá depender do quanto a plataforma está alinhada com os seus objetivos. 

Contudo, se quiser uma plataforma fácil e que ofereça integrações indispensáveis para o seu projeto, você pode optar pela plataforma da HeroSpark.

A HeroSpark possui a vantagem de centralizar funcionalidades que abrangem todas as fases que envolvem a produção de um curso. Logo, por meio da plataforma, você pode:

  • Hospedar seu curso;
  • Definir formas de pagamento;
  • Publicar um e-book;
  • Estruturar o funil de vendas;
  • Criar landing pages atrativas;
  • Automatizar e-mails e muito mais…

Essas vantagens são mais difíceis de encontrar em outras plataformas, pois a maior parte delas foca apenas na publicação do curso online e não consideram as etapas que envolvem o planejamento do projeto como um todo, como a divulgação do seu produto, por exemplo.  

 

Característica de uma boa plataforma de cursos online

Algumas marcas de plataformas podem apresentar funcionalidades que não servem para você. Por isso, o ideal é sempre ter senso crítico e ouvir suas reais necessidades a fim de fazer uma boa escolha.

Para te ajudar nisso, elencamos alguns pontos que, provavelmente, se encaixam no seu ideal de curso online e que, portanto, a plataforma escolhida precisa oferecer. Confira!

 

Tem domínio customizável

Um curso com a URL personalizada impressiona e transmite profissionalismo, principalmente se for em https, no qual o “S” indica que a conexão é segura. 

Uma estrutura bacana seria: https://cursodohero.ead.com ou https://academia.cursodohero.com

Ou seja, que conte com um trecho que sinalize que a página é de um curso e, ainda, mostre o seu nome, nome do curso ou da marca.

Imagem de oferta Mentoria Impulso Digital.

 

Conta com um site responsivo

Tornar a página responsiva não é só ter botões menores, design que se adapta às telas pequenas e carregamento de conteúdo rápido. 

É tudo isso, mas também é viável em navegadores de celular, incluindo o Safari – o app que só funciona nos sistemas operacionais da Apple. 

Além disso, plataformas que oferecem versões em aplicativos de celular também ganham pontos quando se fala em mobile-friendly

 

Oferece opções úteis de personalização

Possibilitar a personalização do curso é um ponto forte em qualquer plataforma, tanto para você, produtor, quanto para o aluno que comprará o seu conteúdo. 

Afinal, se você tiver à mão opções de mudanças nos módulos a qualquer momento e o aluno puder mudar elementos básicos, como ativar o modo noturno, podemos considerar que o curso é personalizável e compatível com uma boa experiência do cliente.

 

Recebe pagamentos por sistemas integrados

Diversas plataformas, especialmente as de marketplace, já possuem métodos de pagamento e de precificação fixos. 

No entanto, sabemos que ter acesso ao faturamento de forma ágil e direta traz muito mais segurança ao produtor, o que é possível com uma hospedagem própria para o curso.

 

9 dicas para escolher a melhor plataforma de cursos online

plataforma para cursos online

1. Veja opiniões de outras pessoas

Você pode fazer uma triagem inicial e refinar suas escolhas apenas perguntando aos seus amigos produtores que plataformas eles têm utilizado.

Porém, se você não conhece ninguém que tenha utilizado uma plataforma de cursos online, basta acessar as opiniões dos consumidores nos sites das plataformas. 

Caso a empresa não ofereça nenhuma opinião ou simulação do produto, então talvez não valha a pena arriscar.

 

2. Estude quem pode se beneficiar com a sua escolha de plataforma de cursos online

Fundadores de empresas de todos os portes, inclusive microempreendedores individuais, instituições educacionais, centros de treinamento e instrutores corporativos são exemplos de pessoas ou entidades que podem se interessar pelo seu conteúdo.

Algumas delas, como os microempreendedores, podem se interessar bastante por aulas ao vivo. Essa modalidade promove a credibilidade do produtor, ajuda na interação e pode gerar leads. Então, essa é uma funcionalidade que deverá ser considerada na sua escolha. 

 

3. Identifique a qualidade do suporte da plataforma

Principalmente se for o seu primeiro curso online, haverá grandes chances de você precisar de assistência frequente por parte da equipe responsável pelo software. É normal ter dúvidas na manutenção, atualização e configuração da plataforma. 

Por isso, o atendimento ao cliente tem sido uma maneira relevante de se diferenciar entre as marcas de hospedagens e deve ser levado em consideração na hora da sua escolha. 

Portanto, não se contente com uma plataforma que tenha um suporte insuficiente para as suas necessidades.

 

4. Defina suas metas

Se o seu público-alvo são crianças, por exemplo, e sua meta é favorecer o aprendizado delas, uma plataforma de navegação fácil e interativa será uma prioridade, em detrimento de uma hospedagem moderna e cheia de recursos. 

Mas se o seu curso é voltado para os amantes da tecnologia, utilizar uma plataforma simples pode pegar mal. 

Por isso, você terá que estudar bem os gostos desses público e projetá-los nessa ferramenta, na qual eles passarão tanto tempo consumindo o fruto do seu trabalho intelectual. 

 

5. Opte por cursos que gamifiquem a aprendizagem

A gamificação é uma tecnologia inovadora que implanta mecânicas de jogos ao longo do processo educativo. Segundo um levantamento realizado pela ReportLinker, estima-se que esse mercado chegue a US$ 40 bilhões até 2024, isto é, um crescimento em seis vezes. 

Essa é uma forma mais interativa e atrativa de ensinar, o que pode aumentar consideravelmente o volume de vendas do seu conteúdo. Logo, o ideal é escolher plataformas que permitam essa configuração. 

 

6. Priorize plataformas flexíveis e apropriadas para mudanças

Ao promover seu curso, é recomendado que ele reflita constantemente a sua marca. Então, é quase impossível trabalhar o branding em uma plataforma rígida e sem muitas opções de personalização.

Sendo assim, ter a opção de mudar a aparência e de customizar o endereço da URL da sua marca é o mínimo que uma hospedagem pode oferecer. 

Além disso, o conteúdo do seu curso, mais cedo ou mais tarde, precisará ser atualizado e, nem sempre, a plataforma escolhida dará conta desses updates. 

Por esse motivo, você não deve depender da plataforma que escolheu, mas sim ser capaz de trocar de hospedagem sem grandes problemas quando necessário. Backups de segurança e migrações otimizadas podem ajudar nisso. 

 

7. Procure as mais simples, porém preparadas para o produtor criativo

Você pode criar um curso completo e riquíssimo de conhecimento, mas com a interface totalmente simples. Afinal, entrar em uma plataforma confusa é desanimador.

Já imaginou se todas as vezes que precisar incrementar seu curso com algum elemento novo você tenha que consultar um tutorial longo e chato? 

Por isso, quanto mais intuitiva a plataforma, melhor é a experiência de criação para você e para a sua equipe.

 

8. Assine um período de teste em pelo menos duas plataformas

Tire proveito das marcas que oferecem períodos de teste. Para isso, crie uma versão abreviada do seu curso e experimente-o em duas a cinco plataformas de forma simultânea. Com o mesmo material e no mesmo intervalo de tempo, a comparação fica mais justa. 

Nesse sentido, examine a velocidade das plataformas e cronometre o tempo com o seu celular. Atente-se também para a navegação: É fácil? É agradável? 

Se possível, peça para alguns amigos experimentarem o seu curso-teste em cada um desses trials. Os feedbacks podem servir até para o seu conteúdo em si, independente da plataforma. 

 

9. Entenda o que uma plataforma de cursos pode fazer e também o que ela não pode

O que esperar, no geral, de uma ferramenta de cursos online? Criar página de vendas, fazer e-mail marketing, utilizar marketing de afiliados e ter consultoria para vendas ou para conteúdo educacional são alguns dos exemplos. Mas tudo isso garante os alunos?

Na verdade, antes de pensar em criar um curso online, você já precisa ter uma audiência relativamente quente, inclinada a comprar. Então, fique atento também às limitações das hospedagens como um todo.

Agora que você já conhece algumas plataformas de cursos online e sabe como escolher uma, pode começar a colocar em prática sua ideia agora mesmo. Crie a sua conta na HeroSpark e inicie sua jornada como um produtor digital de sucesso. 

Anote nossas dicas e boa sorte com a escolha! 

Banner escola de psicanálise
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.