Os vídeos curtos estão em alta com o TikkTok e Instagram Reels. Afinal, eles impulsionam engajamento e criam uma nova forma de se comunicar com vídeos mais dinâmicos e interativos.

Agora é a vez da Google buscar sua fatia nesse mercado por meio do YouTube Shorts. Esse recurso coloca a plataforma com mais de 2 bilhões de visitas mensais no panorama dos vídeos curtos verticais.

Quer saber como essa ferramenta pode escalar os resultados do seu negócio? Então confira este conteúdo que criamos para você e se prepare para bombar no YouTube Shorts.

O que é YouTube Shorts?

O  YouTube Shorts é bem intuitivo para quem já é familiarizado com o Reels e TikTok. Em suma, são vídeos curtos, de até 60 segundos de duração, gravados na vertical. 

Nesse sentido, o Shorts surge como mais uma grande oportunidade para produtores de conteúdo que buscam engajamento, seja em número de inscritos, visualizações ou likes.

Perfeito para visualização em smartphones, mas adaptável a vários tipos de telas, o Shorts busca levar uma mensagem dinâmica, divertida e reproduzível. Vale ressaltar que o recurso ainda está em sua versão Beta. 

 

Diferenciais do YouTube Shorts

  • Permite a utilização de trechos de conteúdo de outros canais, desde que você possua autorização;
  • É possível fazer mixes de áudios de outros vídeos do YouTube; 
  • Trechos de músicas disponíveis na biblioteca do YouTube Music podem ser inseridos nos Shorts. 

Todo usuário que possui um canal no YouTube pode habilitar o recurso do YouTube Shorts. 

 

Como habilitar e postar no YouTube Shorts?

Como dissemos anteriormente, para utilizar esse novo recurso, só é necessário ter um canal no YouTube. Isso torna a ferramenta acessível para produtores de conteúdo em diferentes escalas. 

Por isso, saiba que habilitar esse recurso em seu canal é muito simples. Basta seguir os 5 passos a seguir. 

Passo 1. Faça o login e acesse o seu canal através do YouTube Studio.

Passo 2. Clique em “Personalizar”. 

Passo 3. Encontre a seção de vídeos do seu canal.

Passo 4. Adicione uma nova seção.

Passo 5. Selecione a opção de vídeos curtos.

Tudo pronto! Você já pode começar a usar o YouTube Shorts!

Depois de habilitar, também é bem simples usar o shorts. Tem duas maneiras principais de pulicar os vídeos: 

A primeira é pelo próprio aplicativo do YouTube no celular. Leia a sequência abaixo e veja como é simples publicar seu primeiro Short:

  • Abra o aplicativo e pressione o “+”;
  • Clique em “Criar um Short”;
  • Permita o acesso à sua câmera e ao microfone;
  • Inicie a gravação pressionando o botão vermelho; 
  • Ao terminar a gravação, é possível adicionar trecho de música, mudar a velocidade da câmera, escolher filtros e incluir texto;
  • Aperte a opção “Próxima” e finalize a edição com um título e defina a privacidade (público ou privado);
  •  Clique em “Enviar”. 

Também é possível publicar pelo computador. O usuário deve seguir o passo a passo de uma publicação convencional, apenas lembrando de adicionar a hashtag #shorts no título do vídeo. 

 

Como funciona a monetização do YouTube Shorts?

O YouTube iniciou a remuneração dos criadores de vídeos curtos de forma diferente do modelo convencional de monetização da plataforma.

A recompensa para os usuários mais engajados no YouTube Shorts vem do Shorts Fund. O fundo de 100 milhões de dólares é visto como o início de uma nova fase de remuneração na plataforma.

Nesse modelo de monetização, os criadores de conteúdos originais passam a receber entre US$100 e US$10.000 por mês, de acordo com o engajamento e uma lista de requisitos.

 

Quais os requisitos de qualificação para o Short Fund?

  1. Os criadores de conteúdo precisam ter postado pelo menos um Short qualificado nos últimos 180 dias.
  2. O canal precisa estar de acordo com as diretrizes da comunidade, regras de direitos autorais e políticas de monetização do YouTube.
  3. O conteúdo deve ser original.
  4. No Brasil, o usuário deve ser maior de idade. Para criadores entre 13 e 17 anos, há a necessidade de responsáveis legais que estejam de acordo com as regras e assumam a responsabilidade. 

 

Imagem ofertando o e-book gratuito de funis americanos

Como o pagamento é realizado?

Antes de mais nada, é preciso saber que o valor pago não é fixo. Ele varia de acordo com o engajamento mensal nos vídeos curtos do canal. 

Além disso, segundo o YouTube, o usuário qualificado é informado sobre o valor do pagamento e os detalhes para resgatar a quantia através do app. Os usuários devem solicitar os valores até o dia 25 de cada mês, antes que o resgate expire. 

Quem não for qualificado em um determinado mês pode ficar elegível posteriormente. Por isso é importante prestar atenção nos requisitos e buscar sempre otimizar os conteúdos do Shorts. 

 

4 dicas para bombar no YouTube Shorts

As redes sociais auxiliam no desenvolvimento de autoridade, certo? Mas isso se faz com boas estratégias e com a construção de um conteúdo de valor

O YouTube Shorts é uma ferramenta com grande potencial para o marketing digital. Isso porque a criatividade, dinamismo e interação são elementos relevantes para um negócio digital e estão presentes nessa ferramenta. 

Por isso, confira 4 dicas para tornar o seu conteúdo no YouTube Shorts irresistível. 

 

1. Dicas rápidas

Dicas rápidas e Hacks como conteúdo de vídeos podem divulgar o seu produto ou a otimização de seu uso.

Um vídeo curto no qual alguém ensina como usar de maneira eficiente uma ferramenta, utensílio doméstico ou até um aplicativo tem grande potencial de viralização.

 

2. Desafios

Os desafios viralizam por estimularem a interação competitiva entre familiares e amigos.

Assim, esse tipo de conteúdo cresce de maneira orgânica e pode trazer resultados incríveis para seu infoproduto no YouTube Shorts. 

 

3. Bastidores

Mostrar o cotidiano do seu negócio é um ótimo exemplo de conteúdo humanizado. Vídeos curtos assim aproximam a marca do seu público.

Além do fator emocional, também aguçam a curiosidade dos leads.

 

4. Reviews

Provocar as pessoas a falarem sobre a expectativa x realidade do seu produto também atrai a curiosidade, além de ser uma abertura para feedbacks sobre o que você está fornecendo.

 

Dica extra: kit para montar seu estúdio gastando pouco

Não esqueça que o YouTube é o segundo maior canal de pesquisas do mundo. Então, investir em SEO é fundamental para o YouTube Shorts.

Por isso, ter um título criativo e uma descrição objetiva do conteúdo do vídeo gera relevância.

Um thumbnail atrativo que dialogue com o tema do Shorts, assim como o uso inteligente das hashtags e a escolha da palavra-chave, impulsionam a atração. 

Agora que você já sabe tudo sobre o YouTube Shorts, chegou a hora de lançar o seu negócio no mundo dos vídeos curtos.

Para isso, baixe nosso e-book e aprenda como montar um estúdio de gravação alinhado com o seu orçamento!

Lembre-se: negócios vistos são negócios escaláveis! Por isso, a sua estratégia de marketing digital é determinante para o seu negócio e a HeroSpark pode te ajudar!

1 Comentário

  1. Cristiana Neri- Bem Eco disse:

    Obrigada, querido! Eu achava que a hashtag era para colocar na descrição do vídeo… Ia me danar rsrs
    Abração
    Cristiana Neri- Bem Eco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.