empreender com a herospark

Integrante de lançamentos milionários e também de estratégias de longo prazo em inbound marketing: de uma forma ou de outra, a produção de conteúdo faz parte do dia a dia dos empreendedores digitais. 

 

Tudo o que é publicado pode ou não ser conteúdo. Se há intencionalidade e estratégia, mesmo um meme pode ser considerado conteúdo. Ou seja, em linhas gerais, o que importa não é o tipo do conteúdo, mas a sua qualidade.

 

Neste artigo, você vai entender por que e como criar conteúdo de qualidade para a internet. Boa leitura!

 

Por que investir em produção de conteúdo

 

Se você acompanha o nosso blog há algum tempo, provavelmente já percebeu como qualquer pessoa pode abrir um negócio na internet. É democrático, acessível e lucrativo. No entanto, essa facilidade gera um volume massivo de empreendimentos com a mesma solução, ou seja, concorrência. Mas a vantagem é que nem todos produzem conteúdo. 

 

Enquanto um negócio não enxergar o time do conteúdo tão relevante quanto o time do design, por exemplo, ele estará a um passo atrás das empresas semelhantes. 

 

O que tem de tão bom em produzir conteúdo, afinal?

 

  • Aumenta o alcance da sua solução

O conteúdo é, além de tudo, uma propaganda do seu negócio. Aquela dica ou piada carrega a sua marca e é ela quem desperta o interesse das pessoas que nunca tiveram contato com o seu produto ou serviço.

 

  • Gera valor

Principalmente a longo prazo, à medida que o conteúdo se alinha aos interesses e dores do público, constrói-se um vínculo que torna valorosa essa prática de publicações consistentes.

 

  • Traz resultados a baixo custo

O marketing de conteúdo pode custar menos e, ao mesmo tempo, proporcionar ainda mais resultados que muitas outras estratégias de marketing. Às vezes, produzir conteúdo realmente não custa absolutamente nada. 

 

Quão dispendioso seria para você contar a sua história ou compartilhar um aprendizado sobre o seu negócio com a audiência? Não custa nada, não é mesmo? Você nem sequer precisa delegar isso. Chamamos essa técnica de storytelling, que é um dos tipos de conteúdo que mais trazem benefícios à presença digital.

 

7 passos para produzir seu conteúdo

 

A seguir, você irá conferir como é simples ter uma boa produção de conteúdo para a sua empresa digital. 

 

Conheça o seu público

 

Para quem você quer comunicar? Qual a faixa etária da audiência? Quais as principais referências dela: ícones televisivos ou influencers? 

 

Faça o estudo do público-alvo e, para facilitar mais ainda, personifique-os em uma cliente ideal — a buyer persona.

 

Veja este vídeo para entender melhor: 

 

 

Planeje o que será produzido

 

É importante fazer um planejamento dos conteúdos antes de produzi-los e imaginar como se posicionarão depois de publicados. Como assim? Trace uma linha editorial. Por exemplo: você tem um curso online sobre artesanato. 

 

Assim, na sua linha editorial poderiam constar conteúdos com dicas de como começar a produzir peças de artesanato, as vantagens da prática, formas de ganhar dinheiro etc. 

 

Entenda como produzir conteúdo

 

Esta é a etapa da produção de conteúdo em si. Comece com esboços e desenhos, no caso do formato ser imagem ou infográfico, e também respeite regras do português e do SEO (Search Engine Optimization). 

 

O SEO traz vários pontos que devem ser alcançados, como a melhor escolha das palavras-chaves, a adequação do tamanho e tipo de título do conteúdo, a escaneabilidade do conteúdo com um todo etc. Essa tarefa pode ser a mais trabalhosa, por isso, não abra mão de contar com um freelancer para isso.

 

Selecione ferramentas úteis

 

Há diversas tecnologias favoráveis a uma produção de conteúdo eficiente. Para ilustrar:

 

  • O AnswerThePublic revela tudo o que as pessoas pesquisam sobre determinado tema no Google.
  • O Dicionário de Sinônimos online evita que o seu conteúdo seja amador e repetitivo.
  • O TinyPNG otimiza imagens para blogs de modo a torná-las menores, sem perda de qualidade.

 

Escolha o formato do conteúdo e a plataforma em que será publicado

 

Pense qual formato é o mais adequado para cada conteúdo planejado. Seriam blog posts, social posts, e-books, infográficos, vídeos ou imagens e carrosséis? É claro que o formato diz muito sobre a plataforma escolhida.

 

E a plataforma escolhida tem a ver com a sua estratégia de marketing digital. O segredo não é ‘atirar para todo lado’ e estar presente em tudo — até porque nem o seu público-alvo está em todos os lugares. Mas saber quando vale a pena reciclar um conteúdo para outra mídia digital.

 

E mais: a intenção de busca tem tudo a ver com essa etapa da produção de conteúdo. Então se você quer abordar whey protein, por exemplo, você perceberá que os blog posts são mais relevantes que receitas com whey. Ao contrário, ao pesquisar ‘cacau em pó’, o Google prioriza as receitas, em vez dos blog posts.

 

Recicle conteúdos

 

Com um bom planejamento, você notará, com o tempo, a grande quantidade de conteúdo publicado. Além de gerarem tráfego sem fim para as suas mídias, eles podem ser revisitados para serem atualizados e também para serem reciclados.

 

Por exemplo, vamos supor que você tem um vídeo de 5 minutos publicado no YouTube e que teve excelentes resultados. Em vez de restringir esses resultados à plataforma de vídeos, produza um infográfico a partir dele ou aprofunde as informações e transforme-o em um e-book.

 

Analise as métricas

 

Por fim, produzir conteúdo também implica no acompanhamento deles. Qual o feedback do seu público-alvo? Quais números os conteúdos geraram? 

 

Se você tem blog posts, verifique as visualizações da página, as origens do tráfego, a taxa de rejeição, entre outros. Se você tem criado vídeo nuggets, analise os compartilhamentos e o tempo assistido. Já para webinars, a métrica principal é o número de conversões da landing page e assim por diante.

 

A produção de conteúdo é condição indispensável para quem quer se destacar no meio digital. Siga o fluxo de produção, tenha conteúdos infinitos e, assim, sempre haverá tráfego para o seu negócio.

 

Gostou da dica? Então continue se atualizando e confira tudo sobre o conteúdo evergreen!

vender cursos online herospark

1 Comentário

  1. Graziely disse:

    Planejamento e conhecer a persona são pontos de extrema importância para quem deseja produzir um bom conteúdo. Parabéns pelas dicas valiosas!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *