Planejamento de conteúdo: o que é, como fazer e vantagens [+BÔNUS]

Produtor de conteúdo com um calendário. Fundo roxo e legenda: "planejamento de conteúdo"

Ter uma estratégia de marketing bem estruturada é essencial para ter sucesso no mercado digital. Mas, para garantir resultados escaláveis e atrair cada vez mais leads, é necessário construir um planejamento de conteúdo.

Ele é responsável por validar os objetivos estabelecidos na sua estratégia, criando, assim, um verdadeiro plano de ação para alavancar o posicionamento do seu infoproduto.

Pensando nisso, preparamos este artigo destacando as vantagens de ter um planejamento de conteúdo e trazendo as melhores práticas para facilitar sua produção digital. Confira também algumas ferramentas que não podem ficar de fora do seu planejamento. 

Boa leitura!

O que é planejamento de conteúdo?

O planejamento de conteúdo consiste na criação de uma estratégia digital pautada na entrega de conteúdos que impulsionem os resultados das suas redes. 

Essa criação possui diferentes etapas, que incluem:

  • Levantamento de informações sobre o público-alvo;
  • Pesquisa de palavras-chave;
  • Busca de ideias para criar conteúdos;
  • Criação de um funil de vendas;
  • Segmentação por tipo de conteúdo para nutrição de leads em diferentes níveis do funil de vendas.

O processo de planejamento de conteúdo para redes sociais, por exemplo, é minucioso e pode receber otimizações de acordo com os resultados revelados por sua campanha de marketing digital. 

Nesse sentido, o  planejamento de publicações é um recurso estratégico do Marketing de Conteúdo, que visa atrair leads e alavancar vendas por meio da qualificação da audiência. 

Para quem não sabe, a estratégia de Marketing de Conteúdo consiste na criação de conteúdo rico que atraia clientes em potencial e gere o desejo por seu infoproduto. Ainda não entendeu como funciona? Então confira o exemplo abaixo.

Um infoprodutor quer vender um programa de mentoria para pessoas em transição de carreira, mas como ele vai atrair sua audiência ideal? Para conquistar o público, ele pode criar um e-book com dicas de como dar os primeiros passos nessa transição.

A partir daí, ele pode criar uma landing page e oferecer o e-book gratuitamente, o que também vai permitir que ele capture informações relevantes sobre os interessados e inicie uma estratégia de nutrição de leads. 

Dessa forma, o produtor digital pode preparar sua audiência até o momento adequado para fechar as vendas do seu programa de mentoria

Esse tipo de planejamento de conteúdo gera uma aproximação maior com o público e garante um engajamento mais orgânico. 

 

Por que fazer um planejamento de conteúdo para o seu negócio?

Como vimos, o planejamento de conteúdo tem como meta atrair o máximo de clientes em potencial do seu produto digital. Essa estratégia também é um gatilho para que outros recursos do marketing digital entrem em ação e potencializem suas campanhas.

Porém, esses não são os únicos benefícios da adoção de um planejamento de conteúdo para redes sociais e blogs, por exemplo. Confira agora algumas das principais vantagens que essa ferramenta pode proporcionar para o seu negócio.

 

Aumento do tráfego orgânico 

A primeira vantagem perceptível que o planejamento de conteúdo alcança é o aumento de tráfego para suas redes sociais, sites e blogs. Isso porque, dentro dessa estratégia, todo material acessado direciona o fluxo de audiência para suas páginas.

E o melhor: esse efeito é contínuo e de longo prazo, pois a tendência é que os acessos aumentem com o passar do tempo. Isso se deve aos recursos de SEO, que posicionam com destaque conteúdos que seguem boas práticas de escrita otimizada para internet.

 

Qualificação de leads

A qualificação de leads significa educar o seu público e prepará-los para uma aquisição mais consciente do seu infoproduto. Por meio dela é possível demonstrar como seu produto digital funciona e como ele pode solucionar as dores desses leads.

Uma venda baseada em uma jornada como essa ajuda a disseminar sua marca e aumentar o grau de relação dos consumidores com o seu negócio. Inclusive, diminuindo a possibilidade de insatisfação e aumentando o percentual de fidelização de clientes.

 

Menor Custo de Aquisição de Clientes

Conquistar um cliente é um verdadeiro investimento, pois existe um custo para atraí-los e conseguir gerar vendas. Mas, com o planejamento de conteúdo, é possível reduzir esse Custo de Aquisição de Clientes.

Isso porque a atração de novos clientes nessa estratégia se faz com a produção de material que educa os leads e afunila a decisão de compra de maneira mais consciente

Além disso, convém destacar que clientes mais qualificados podem  se tornar divulgadores orgânicos da sua marca.

 

Geração de autoridade digital

Outro benefício do planejamento de conteúdo é a possibilidade de tornar sua marca uma referência no segmento. Ao entregar conteúdos de qualidade sobre temas de interesse do público-alvo, você conquista a confiança e se posiciona como uma autoridade digital.

Esse aumento de confiabilidade é uma vantagem de médio e longo prazo, que gera um sentimento positivo nos leads e impulsiona engajamento nas redes sociais, indicações e novas vendas.

 

Como fazer um planejamento de conteúdo para redes sociais em 4 passos?

Montar o planejamento de conteúdo é o ponto de partida da sua estratégia de marketing digital. Essas informações vão guiar suas campanhas e servir como referencial para mensurar resultados.

Por isso, veja agora como traçar um planejamento de conteúdo para suas redes sociais. Siga o passo a passo:

Imagem de oferta Mentoria Impulso Digital.

 

1. Defina seus objetivos

Definir os objetivos e estabelecer metas é primordial para o seu plano de conteúdo. Além de permitir que os seus resultados sejam mensurados, eles devem corresponder aos propósitos do seu negócio e estar alinhados com o seu público-alvo.

É importante também que esses objetivos estejam dentro do contexto da sua marca e sejam tangíveis, para que sua estratégia não seja esvaziada. 

E lembre-se: os seus conteúdos são a representação da imagem que você deseja criar para o seu infoproduto. Então, busque sempre a coerência entre suas produções e a finalidade do seu produto digital. 

 

2. Conheça seu público-alvo e crie uma persona

Você também precisa definir o público com o qual deseja se comunicar. Ou seja, chegou a hora de conhecer para quem você quer vender o seu infoproduto.

Traçando esse perfil da audiência, você saberá o tom que sua comunicação deve seguir e o tipo de conteúdo que chamará mais a atenção e, principalmente, lhe permitirá criar seu funil de vendas.

A criação de uma persona a partir das características do seu público-alvo pode ajudar a alinhar ainda mais as expectativas e otimizar seus conteúdos, aumentando as chances de conversão de visitantes em leads.

 

3. Desenvolva o conteúdo e estabeleça um cronograma 

Com a persona estabelecida, chegou a hora de colocar a mão na massa e criar o conteúdo. Essa criação deve ser pensada a partir das informações que você obteve da sua audiência em potencial e deve estar relacionada com as soluções buscadas por ela.

Utilize ferramentas como o planejador de palavras-chave do Google para ter insights, e principalmente, aposte em brainstorm para ativar sua criatividade.

Com as ideias desenvolvidas, você precisa estabelecer um cronograma de publicações. O ideal é que seus conteúdos dialoguem e criem uma sequência lógica, que é uma didática validada de aprendizado e eficaz para o fluxo nutrição de leads.  

 

 

4. Diversifique seus conteúdos

Utilizar diferentes formatos de conteúdo é muito importante para diversificar sua comunicação com os leads. Além disso, apostar em diferentes formatos permite que você utilize diferentes redes sociais para alcançar sua audiência. 

Entre os formatos de conteúdos que você pode incluir no seu planejamento estão:

  • Infográficos;
  • Webinars;
  • Blog posts;
  • E-books;
  • Planilhas;
  • Vídeos;
  • E-mail marketing.

 

[+BÔNUS] Ferramentas de marketing de conteúdo

Alguns recursos podem facilitar o planejamento de conteúdo e aumentar a produtividade dos produtores digitais. Por isso, listamos abaixo algumas dessas ferramentas que vão fazer a diferença no seu cotidiano. 

 

Trello

O Trello é uma ferramenta de gerenciamento de tarefas e permite a colaboração para gestão de projetos remotos. Nele, é possível organizar suas tarefas e aumentar a produtividade por meio de uma interface inspirada em métodos ágeis.

 

Canva

O Canva é uma ótima opção de editor gráfico, com interface intuitiva e com diversos templates editáveis em formatos para todas as principais redes sociais. Com ele, é possível criar postagens para Instagram, cartazes e outras opções de material gráfico. 

Vale dizer que o Canva pode ser acessado por meio de computadores e dispositivos móveis.

 

Google Keyword Planner – Planejamento de conteúdo

Otimizar seus conteúdos para ranquear bem nas ferramentas de busca é essencial. Mas, para isso, é necessário pesquisar quais os temas mais buscados e as palavras-chave mais concorridas.

Com o Google Keyword Planner, você consegue acessar os dados referentes ao volume de buscas para cada palavra e, assim, entender quais as maiores demandas de conteúdo da sua audiência. 

 

HeroSpark

A HeroSpark é uma plataforma tudo em um, na qual você pode concentrar sua estratégia de marketing digital e vendas com toda praticidade para o seu negócio digital. 

Com a Hero, você tem acesso gratuito à ferramenta de criação de landing pages para agilizar a atração de leads. Tudo isso sem precisar ter conhecimento de programação e design, pois a plataforma oferece modelos prontos de alta conversão.

Além disso, você garante envio de e-mail marketing ilimitado, com um fluxo de nutrição personalizado por meio de funil de vendas automático. 

Então, conheça agora mesmo a plataforma da HeroSpark e vá além com o seu planejamento de conteúdo!

Banner escola de psicanálise
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.