Taxa de conversão: o que é, como calcular e como otimizar?

Taxa de conversão
Taxa de conversão

A taxa de conversão serve para indicar como está o resultado das estratégias aplicadas e identificar os gargalos que podem ser melhorados. Dessa forma, vai ser possível converter a maior quantidade de leads para a ação que você deseja.

É comum que os empreendedores acreditem que esta taxa aplica-se somente à conversão em vendas. Porém, cada etapa do funil de vendas pode ser medida pela fórmula, desde quando o indivíduo é apenas um visitante até o momento de fechar a compra.

Quer entender como calcular a taxa de conversão e otimizar os resultados do seu negócio digital? Veja o artigo que preparamos e siga as nossas dicas. 

O que é taxa de conversão?

A conversão ocorre quando a empresa consegue levar o indivíduo a realizar determinada ação dentro da jornada de compras. Dessa forma, a taxa de conversão é uma métrica que revela se a estratégia de marketing está alcançando os seus objetivos.

Vale ressaltar que não se resume à quantidade de vendas realizadas, uma vez que pode representar outras conversões, desde o lead preencher um formulário a seguir alguma Call to Action (CTA).

Assim, é possível que o empreendedor entenda o resultado obtido em cada etapa e em qual delas precisa melhorar. Certamente, se houver uma falha em etapas iniciais, a quantidade de pessoas que chegarão até a compra vai ser menor.

 

Como medir a taxa de conversão?

O primeiro passo para calcular a taxa de conversão é definir qual é o seu objetivo, isto é, qual ação dos leads deseja analisar. Depois, é só encontrar os números e fazer o cálculo pela seguinte fórmula:

Taxa de conversão = número de conversões divididos(/) pelo número de pessoas que chegaram até a etapa anterior vezes (x) 100

Para exemplificar, vamos utilizar uma loja física. Se entraram 1000 pessoas em um dia e 100 realizaram alguma compra, a taxa de conversão daquele dia foi de 10%. Veja:

Taxa de conversão = 100 / 1000 x 100 = 10%

Da mesma forma acontece no marketing digital, mas a métrica é calculada por outras perspectivas, como cliques em anúncios ou visitas em landing page.

 

O que é considerada uma boa taxa de conversão?

Depende! Não adianta comparar o seu resultado com o de concorrentes nem de outros segmentos, pois existe uma série de fatores que podem diferenciar entre um negócio e outro. 

O melhor é ter uma meta estabelecida e identificar se ela foi alcançada ou não. Outra boa prática é analisar a taxa junto com outras métricas importantes para o seu negócio:

A cada nova análise, você vai entender melhor sobre a própria realidade e conseguir ser mais preciso na interpretação dos resultados.

 

Por que é importante acompanhar a taxa de conversão do seu negócio?

Direciona investimentos

Se o seu objetivo é garantir o crescimento do seu negócio, investimentos serão necessários, certo? Nesse sentido, acompanhar a taxa de conversão é importante para você ter a certeza de que está no caminho certo e, assim, poder investir da melhor maneira na sua loja virtual.

 

Contribui para identificar problemas

Os números não mentem e, quanto mais próximo você monitorar os resultados, mais rápido consegue identificar o que está funcionando ou não. Assim, a taxa de conversão também contribui para rever o planejamento e traçar estratégias mais assertivas para suas vendas.

 

Permite acompanhar o progresso da jornada de compra

A conversão nada mais é do que o objetivo final da jornada do cliente, certo? Nesse sentido, a taxa também traz o avanço do lead dentro do funil e mostra como ele está se comportando de acordo com a sua estratégia. Logo, permite a você oferecer a melhor experiência a ele.

 

Imagem de oferta Mentoria Impulso Digital.

Ajuda a entender o retorno de cada ação

Um dos benefícios mais importantes que monitorar a taxa de conversão pode trazer para o seu negócio é, sem dúvidas, ter uma visão clara do ROI (sigla para Return on Investment, em português Retorno Sobre Investimento). Assim, você fica sabendo o que é eficiente ou não.

 

Otimiza a taxa de conversão

Só é possível aplicar a estratégia de CRO (sigla para Conversion Rate Optimization), se você acompanhar a sua taxa de perto. Afinal, não é possível otimizar algo que você não sabe do que se trata.

 

Como otimizar a taxa de conversão?

Entenda o público

Por volta do ano de 2010, uma rede varejista dos Estados Unidos descobriu que as vendas de fraldas estavam atreladas a de cervejas. Após entender esse hábito do público, deixou os dois produtos em prateleiras próximas. Assim, instigou aquele costume e aumentaram as vendas. 

Isso foi possível graças ao uso de dados armazenados. Imagine, então, a quantidade de coisas que dá para notar com as informações que um negócio digital tem. Se o infoprodutor conseguir fazer boas análises e focar nas estratégias corretas, com certeza vai aumentar a taxa de conversão.

A análise pode ser quantitativa ou qualitativa. No primeiro caso, busque em ferramentas como o Google Analytics:

  • Dispositivos utilizados pelos clientes;
  • Canal de marketing que atraiu o cliente;
  • Ponto de abandono da página.

Já a análise qualitativa é mais difícil de realizar, pois depende de respostas mais aprofundadas, como uma pesquisa de satisfação. No entanto, é indicado realizar para conhecer diretamente as preferências do público.

 

Realize testes A/B

O teste A/B consiste em deixar uma mesma página com duas versões diferentes para entender qual vai ter maiores conversões. As diferenças entre uma e outra são poucas e costumam ser sutis, justamente para entender quais aspectos fazem o resultado mudar. 

As modificações podem ser, por exemplo:

Uma ferramenta que pode auxiliar no teste em landing pages (LP) é o Unbounce. Ele permite a criação de LPs e disponibiliza as estatísticas dos visitantes, para facilitar as percepções obtidas na taxa de conversão. 

Também é possível aplicar os testes em anúncios para as redes sociais. Assim, você consegue entender o que funciona melhor para diferentes formatos e públicos.

 

Crie automações para nutrir os leads

Imagine que muitas pessoas conhecem a sua empresa e até visitam o seu site. No entanto,  o portal logo é esquecido, seja porque não entrega conteúdo, seja porque os materiais não são adequados para o potencial cliente.

O primeiro passo é criar conteúdo com constância e qualidade. No entanto, a automação de marketing permite entregar conteúdos personalizados, para os leads corretos e em grande escala.

Essa estratégia pode ser utilizada para o famoso disparo de e-mails. Assim, o funil de vendas vai ser otimizado e os leads evoluirão até chegar na etapa de compra.

 

Utilize a HeroSpark

Para ter um funil de vendas de alta conversão, indicamos a HeroSpark.  A ferramenta permite montar o funil em menos de 5 minutos, com uma plataforma grátis e intuitiva. A versão gratuita, entre tantos recursos, contempla:

  • Leads ilimitados;
  • Landing pages ilimitadas;
  • Automação e envio de e-mails ilimitados;
  • Editor de páginas online.

Além disso, já tem um modelo de funil pronto que agiliza o trabalho do empreendedor, o qual poderá focar em outras tarefas. A HeroSpark ainda permite acompanhar os resultados obtidos em cada funil. Assim, é possível identificar os dados que são utilizados na fórmula da taxa de conversão e estudar maneiras de otimizar os resultados.

Neste artigo, você entendeu que alcançar uma boa performance em negócios digitais abrange uma série de fatores e que a taxa de conversão é essencial para facilitar a identificação de pontos fortes e fracos, não é mesmo?

Por isso, não deixe de usar essa fórmula tão simples e poderosa. Para isso, conte com ferramentas que tornam as atividades do seu dia a dia mais simples.

Conheça a HeroSpark e veja como seus recursos podem ajudar a otimizar a taxa de conversão do seu negócio!

Banner escola de psicanálise
1 comment
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.