Em uma estratégia de marketing digital, é necessário saber como se comunicar com o público. Além disso, para que essa comunicação dê resultados, é fundamental investir em técnicas de escrita persuasiva.

Por isso, os recursos de copywriting são indispensáveis para ajudar na qualificação dos leads e impulsionar a conversão de engajamento em vendas. Mas você sabe como funciona a criação desses conteúdos?

Neste artigo vamos falar tudo sobre copywriter, o que é e outras importantes informações e dicas de como se tonar um profissional da área de sucesso. Boa leitura!

Copywriter: o que é?

O copywriter é o profissional que trabalha com a criação de textos persuasivos. Esses textos são utilizados para gerar emoção e guiar o público a uma tomada de decisão. 

Além da escrita para blogs corporativos, e-mail marketing e campanhas publicitárias, a escrita persuasiva também é utilizada em roteiros de vídeos e chamadas televisivas. 

Esses profissionais podem trabalhar prestando serviço para empresas ou pessoas físicas. Nesse sentido, podem atuar como freelancer ou como contratado em tempo integral em agências de publicidade ou nos departamentos de marketing das empresas. 

Vale dizer que, em um mercado cada vez mais concorrido, o papel do copywriter ganha destaque, já que um conteúdo bem escrito e direcionado pode engajar o público e impulsionar vendas. 

 

Copywriter x redator de conteúdo

Apesar dessa explicação sobre copywriter e o que é, você pode estar se perguntando sobre a diferença entre uma pessoa redatora de conteúdo e um profissional copywriter, certo?

Embora algumas pessoas dizem se tratar da mesma função, a maior parte das autoridades de marketing e publicidade destacam como diferença as técnicas utilizadas pelos profissionais de copy, entre elas o uso do neuromarketing e dos gatilhos mentais. 

 

O que faz um Copywriter?

Um copywriter é responsável pela criação de textos voltados para conversão, ou seja, seu papel é criar um conteúdo persuasivo. Esse conteúdo deve atrair a atenção do público-alvo e impulsionar a tomada de decisões.

Portanto, o principal objetivo de um copywriter em uma estratégia de marketing digital é convencer o lead qualificado a realizar uma compra. 

Sendo assim, um copywriter precisa ter amplo domínio dos conceitos de marketing digital e ter um perfil analítico para compreender os resultados da sua produção. 

Além disso, o profissional precisa saber qual o caminho mais adequado para se comunicar com o público de determinados nichos. 

Entre as principais atribuições de um copywriter, podemos destacar:

 

1. Cria roteiro para vídeo

Se aprofundar na construção de roteiros de vídeos é um dos serviços que podem ser realizados por um copywriter. 

Para isso, é necessário que o profissional conheça a linguagem do público e aposte em textos dinâmicos e mais informais. 

 

2. Escreve artigos para sites e blogs

Com empresas investindo cada vez mais em estratégias de Marketing de Conteúdo, produzir artigos para blogs e sites corporativos pode ser uma ocupação lucrativa para um copywriter.

Aliando as técnicas de escrita persuasiva às melhores práticas de SEO, esse profissional pode oferecer textos otimizados para web, buscando posicionar o site do seu cliente nas primeiras páginas do Google. 

Para isso, ele utiliza técnicas como:

  • Escaneabilidade;
  • Construção textual com foco na palavra-chave;
  • Utilização de links internos e externos;
  • Título atrativo;
  • Inclusão de uma CTA.

Além disso, é importante que o copywriter crie uma narrativa, ou storytelling. Isso significa que, durante o processo de escrita, esse profissional deve estruturar o texto em começo, meio e fim, sempre voltado para a captação da atenção do leitor. 

 

3. Desenvolve roteiro para chat de atendimento

Em busca de um padrão de qualidade no atendimento aos clientes, muitas empresas contratam copywriters para a criação de textos para chats e teleatendimento.

O objetivo principal é adequar o atendimento a uma abordagem mais ágil e eficiente, buscando evitar situações de ruído de comunicação entre atendente e cliente.

Para aperfeiçoar esse atendimento, cabe ao copywriter redigir um roteiro de atendimento que transmita clareza e que elimine vícios de linguagem que podem comprometer a comunicação. 

É necessário que o profissional defina os objetivos e propósitos do texto, ordenando informações e ajudando a criar uma narrativa que incentive o cliente a tomar uma ação.

Esse roteiro deve possuir as seguintes características:

  • Cordialidade;
  • Clareza;
  • Assertividade.

Além disso, é importante que o texto não seja carregado de juízo de valor, mas apresente argumentos baseados na funcionalidade do produto ou serviço.

 

4. Escreve e-mail marketing

O e-mail é um canal que, com a ascensão do Marketing de Conteúdo e as estratégias de Inbound Marketing, ganhou um lugar de destaque na busca por engajamento de clientes.

E, nessa jornada de qualificação de leads por meio de fluxo de nutrição, o copywriter tem papel fundamental na hora de desenvolver textos irresistíveis para serem disparados a uma base de contatos.

Imagem ofertando o e-book gratuito de funis americanos

Mas como milhares de e-mails marketing são entregues diariamente em uma caixa de entrada, é necessário que o conteúdo se destaque. 

Para isso, o redator copy deve investir na persuasão desde o título do e-mail, aumentando as chances da mensagem ser aberta.

 

5. Participa da construção de peças publicitárias 

Na publicidade, o copywriter atua em ações diretas de venda, trabalhando na elaboração de textos objetivos e altamente persuasivos para impulsionar a conversão.

Além dos textos de uma peça de publicidade digital, o copywriter também é responsável por escrever as chamadas de landing pages e páginas de vendas, sempre utilizando gatilhos mentais e direcionando os leads a uma tomada de decisão. 

 

O que precisa para ser um Copywriter?

Agora que você já sabe algumas informações sobre o profissional copywriter, o que é e algumas de suas principais funções, é hora de descobrir como é possível se tornar um. 

Assim, o primeiro atributo que um profissional precisa ter para se tornar um copywriter é gostar de escrever e ter um bom domínio das normas de escrita. 

Além disso, é preciso ser criativo e estar disposto a aprender continuamente, já que o mercado digital está em constante mudança. 

E apesar de não precisar ser formado em Marketing ou Publicidade, é importante que você aperfeiçoe sua escrita para técnicas de persuasão e SEO. 

Atualmente, existem diversos cursos online gratuitos que oferecem certificação para quem deseja ingressar nessa carreira, como os oferecidos pela Rock Content University

 

Como começar a trabalhar como Copywriter?

1. Construa um portfólio

Antes de lhe contratar, os clientes vão querer conhecer o seu estilo de escrita. Por isso, é muito importante que você comece a construir um portfólio antes mesmo de conseguir seu primeiro trabalho como copywriter.

Para isso, vale a pena produzir textos em plataformas como Medium e LinkedIn. Pois, além de apresentar você a uma audiência de recrutadores, também servirá para você praticar e otimizar seus textos cada vez mais. 

 

2. Produza conteúdo para suas redes sociais

Além do LinkedIn e do Medium, crie conteúdos no Instagram e em outras redes sociais. Isso vai permitir que você se familiarize com uma rotina de planejamento de conteúdo e também que diversifique o seu portfólio.

 

3. Crie conexões com outros profissionais da área

Dialogar com copywriters mais experientes e buscar dicas sobre o mercado pode ser uma forma de iniciar seu networking. 

Com um mercado de produção de conteúdo cada vez mais aquecido, muitos profissionais experientes podem ficar sobrecarregados e, assim, indicar você para trabalhos que eles não possam assumir.

 

4. Utilize plataformas de serviço para freelancers

Outra forma de começar a trabalhar como copywriter é se cadastrando em plataformas como Workana, 99freelas e GetNinjas.

Nesses sites, você pode oferecer seu trabalho como freelancer e receber propostas de serviço. Com um grande fluxo de ofertas, essas páginas são a maneira mais fácil de conseguir o seu primeiro trabalho como copywriter.

 

 

Quanto um Copywriter ganha?

A renda mensal de um copywriter pode variar muito, pois depende do modelo de trabalho — CLT ou PJ — ou até mesmo se o profissional recebe por palavra, texto ou hora trabalhada.

Mas, segundo o site Glassdoor, o salário médio nacional de um copywriter iniciante está na faixa de R$2.783. Enquanto isso, um copywriter com mais senioridade pode receber em média R$4.118. 

 

Quais técnicas de Copywriting são importantes conhecer para entregar bons trabalhos?

Como você viu na seção “Copywriter: o que é”, o principal objetivo de um copywriter é qualificar seu público e realizar vendas por meio de um texto persuasivo. 

Mas, para isso, é necessário utilizar técnicas, como:

  • Criar títulos altamente atrativos;
  • Usar gatilhos mentais;
  • Apostar em verbos de ação;
  • Antecipar as possíveis objeções;
  • Escrever utilizando a técnica de storytelling;
  • Nunca mentir, mas sempre ressaltar as qualidades do produto.

 

Vale a pena ser Copywriter?

Como já foi dito, o mercado digital tem uma demanda recorrente por produção de conteúdo, colocando o copywriter no centro da estratégia de marketing digital. Isso quer dizer que, sim, vale muito a pena ser um copywriter.

Mas se você pensa em investir na carreira de copywriter, é importante aprofundar o seu conhecimento sobre marketing digital. Por isso, a HeroSpark criou um material completo e gratuito com tudo que você precisa saber sobre esse assunto.

Baixe agora mesmo gratuitamente o seu Glossário do Marketing Digital e fique por dentro dos conceitos e métricas do mundo digital.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.