Se você um dia acordou e pensou: “Quero trabalhar em casa, mas não sei por onde começar”, saiba que não está sozinho nessa. 

Mesmo parecendo algo difícil de realizar, principalmente se você nunca trabalhou em casa durante sua trajetória profissional, isso não é algo impossível. 

Na realidade, a partir dessa decisão, você pode iniciar sua jornada para uma vida profissional independente e realizada, descobrindo que trabalhar em casa pode ser muito mais fácil do que você imagina.

Para ajudá-lo, preparamos este artigo completo no qual você conhecerá 18 ideias fáceis para quem quer trabalhar em casa. Ao terminar sua leitura, com certeza você terá inspiração para iniciar sua carreira como profissional remoto. Portanto, confira!

 

1. Crie um e-book

Criar um e-book é uma ótima forma de trabalhar em casa. Isso porque esse formato de livro tem sido amplamente difundido no meio online e atraído inúmeros leitores. Portanto, esse é um meio eficiente de ganhar dinheiro sem sair de casa.

Você pode escrever sobre os temas que domina ou que gosta de abordar. Em seguida, basta escolher uma plataforma para hospedar seu produto e começar a divulgá-lo.

 

2. Dê aulas online

Todos nós temos conhecimentos e habilidades em algo e, portanto, sempre temos muitas coisas a ensinar para os outros. Sendo assim, dar aulas online é uma ótima opção para quem quer trabalhar em casa.  

Além de ser rentável, é uma forma de trabalho remoto relativamente simples de ser executada se você possuir os equipamentos e conhecimentos necessários.

Dessa forma, basta ter acesso à internet, um computador ou notebook, câmera com boa resolução, microfone ou fone de ouvido, conhecimentos em editores de texto para digitar material e plano de aula. E, então, basta começar a prospectar os primeiros alunos!

 

3. Dê consultorias online

Outra forma de trabalhar em casa é prestando serviços de consultoria sobre um tema que você domina. Para quem não sabe, a consultoria consiste em um tipo de serviço profissional focado em aconselhamento pessoal, governamental, empresarial ou organizacional. Essa é uma área que está em alta e que vale a pena investir. 

Para executar esse tipo de trabalho, basta ter acesso à internet, um computador, microfone ou fone de ouvido. Você pode ministrar suas consultorias por meio de aplicativos de reuniões, como o Zoom ou o Google Meeting. 

 

4. Venda sobremesas no iFood

O iFood é uma ótima fonte de renda para quem tem interesse em trabalhar em casa. Por isso, se você gosta de preparar sobremesas, pode aproveitar a popularidade do aplicativo para vendê-las nele. 

Para isso, basta criar um perfil no aplicativo e começar a divulgar seus doces. Existem diversas guloseimas fáceis de fazer e que dão um bom retorno financeiro, como brigadeiros e bolos. 

 

5. Monte um brechó

Criar um brechó também é um modo eficiente de trabalhar em casa. Existe a possibilidade de montar o seu brechó online ou de reservar um espaço em sua casa para isso.. 

Para conseguir seus primeiros clientes, é interessante criar uma identidade visual atraente e mostrar seus produtos nas redes sociais. Assim, ao criar um diferencial para o seu brechó, fica muito fácil manter a rentabilidade do negócio. 

 

6. Venda PLRs

PLR, no inglês, significa Private Label Rights, em tradução livre, Direitos de Marca Própria. Sendo assim, ao comprar um produto PLR, a pessoa adquire os direitos de uso desse. 

Esse tipo de aquisição pode ser realizado para qualquer tipo de produto, mas uma boa forma de trabalhar em casa com o PLR é vendendo infoprodutos. Assim, você pode optar por vender seus diversos produtos digitais e transferir os direitos de uso para terceiros. 

7. Revenda produtos

Outra ideia para quem quer trabalhar em casa é revendendo produtos. Você pode revender produtos tanto online quanto em sua vizinhança. 

Vale dizer que existe uma grande diversidade de produtos para revenda, como: 

  • Cosméticos;
  • Livros;
  • Roupas;
  • Bijuterias;
  • Vitaminas e suplementos;
  • Produtos para pets;
  • Roupas de cama;
  • E muito mais!

Não é necessário criar um e-commerce para começar, sendo possível revender seus produtos nas próprias redes sociais. Dessa forma, use o Instagram, o Tik Tok, o Facebook e o Twitter para vender de forma criativa. 

 

8. Tenha um canal no YouTube

Ter um canal no YouTube também é uma forma de trabalhar sem sair de casa. Inclusive, muitos youtubers iniciaram suas carreiras gravando vídeos em casa com o seu próprio smartphone. 

O importante para ter um canal no YouTube de sucesso é focar em gerar um conteúdo de valor com o intuito de fazer sua audiência crescer cada vez mais. 

Algumas ideias de conteúdo que sempre engajam no YouTube são:

  • Tutoriais;
  • Vídeos explicativos;
  • Entretenimento;
  • Curiosidades;
  • Listas;
  • Resenha;
  • Dicas.

 

9. Venda produtos artesanais

As redes sociais têm se tornado uma rede de apoio ao microempreendedor e produtor artesanal. Muitas pessoas preferem comprar de profissionais independentes do que de grandes empresas, a fim de incentivar a economia criativa. 

Essa realidade ampliou as oportunidades para o vendedor de produtos artesanais, tornando-se uma ótima oportunidade para quem possui conhecimento e talento nesse ramo.

Existem vários setores que estão em alta na economia criativa, tais como:

  • Papelaria;
  • Decoração;
  • Culinária;
  • Cosméticos.

Além disso, alguns produtos interessantes que você pode criar são: 

  • Sabonetes; 
  • Perfumes;
  • Agendas e planners;
  • Lanches;
  • Bebidas;
  • Quadros decorativos;
  • Suculentas;
  • Entre outros.

 

Imagem de oferta Imersão Foguete Digital

10. Crie um podcast

Os podcasts estão crescendo muito no mercado digital. Por isso, se você é fã desses produtos, pode investir na criação desse tipo de projeto. 

Para começar, você não precisa de uma grande infraestrutura, podendo utilizar até mesmo o seu celular. No entanto,  é interessante, acima de tudo, pensar em um conteúdo atraente e que alcance o seu público-alvo

Imagem de uma mesa iluminada com luz roxa, com um pedestal e microfone

11. Crie kits de conteúdos exclusivos

Uma forma criativa e interessante de trabalhar em casa é criando kits de conteúdos exclusivos. Esses kits são voltados apenas aos assinantes do produto digital e enviados periodicamente a eles conforme plano escolhido.

Se quiser tornar o seu produto mais interessante, pense em estratégias para torná-lo mais atrativo, como, por exemplo:

  • Coloque nomes em cada kit;
  • Crie grupos nas redes sociais;
  • Faça sorteios e promova interação entre seus inscritos.

Assim, sua audiência estará cada vez mais engajada e terá interesse em adquirir mais conteúdos. 

Algumas ideias de kits de conteúdos são:

  • Planilha + E-books + Mentorias + E-mails premiados; 
  • E-books + Planners + Consultorias + Minicursos por e-mail;
  • Planilhas + Checklists + Livros exclusivos + Webinars; 
  • E-books + Curso online + Planilha;
  • Entre outros.

Sempre procure entregar um conteúdo relevante! Dessa forma, o seu produto digital será um sucesso. 

 

12. Ofereça mentorias online 

Facilmente confundida com as consultorias, as mentorias online também são uma forma interessante para quem quer trabalhar em casa. 

Nesse sentido, a mentoria consiste em um serviço no qual você será o mentor de alguém que possui menos experiência. Assim, você irá ajudá-lo a atingir determinado objetivo

Logo, dependendo dos seus anos de experiência e de conhecimento em determinado assunto, é possível utilizar ferramentas de reunião online para oferecer mentorias a diversos tipos de público. 

 

13. Torne-se um streamer

A profissão de streamer tornou-se conhecida faz pouco tempo, mas já tem movimentado consideravelmente um grande público.

Para quem não sabe, o streamer utiliza ferramentas de transmissão ao vivo, fornecendo conteúdo e entretenimento ao público em tempo real. As ferramentas de streaming mais populares entre os streamers são: Twitch, YouTube e StreamYard. 

Os streamers mais populares da atualidade são os gamers. Por intermédio dessas ferramentas, os jogadores transmitem seu jogo em tempo real a milhares de telespectadores e muitos são remunerados, podendo ganhar entre U$0,40 a U$1,40 dólares a cada mil visualizações. 

 

14. Responda pesquisas online

Responder pesquisas online também é uma ótima forma de trabalhar em casa, pois muitas empresas remuneram pessoas de um determinado perfil para responder pesquisas a fim de melhorar seus produtos e serviços. 

Existem diversas plataformas que você pode se cadastrar para começar a responder suas primeiras pesquisas. Algumas delas são:

 

15. Seja um revisor e editor de textos

Se você domina a língua portuguesa, pode oferecer serviços de revisão e edição de textos. Essa profissão demanda muita atenção aos detalhes, além de habilidades analíticas e de pesquisa.

Caso você se encaixe nesse perfil, é possível executar esse serviço na sua própria casa com o auxílio de um computador ou notebook e um editor de texto. 

Existem plataformas que podem ajudá-lo a conseguir seus primeiros projetos, confira algumas:

editores de vídeo

16. Trabalhe com dropshipping

No dropshipping, você não precisa montar um estoque de produtos em casa, pois utiliza os estoques de terceiros. Logo, quando um cliente compra na sua loja, quem realiza a logística do transporte do produto até o cliente é a empresa terceirizada.

Desse modo, a loja dropshipping tem a oportunidade de focar seus esforços em outras áreas, como: gestão, marketing e branding. 

Portanto, abrir um e-commerce que utiliza essa técnica é ideal para quem quer trabalhar em casa e não tem muito espaço para armazenar mercadorias.

 

17. Seja um vendedor autônomo

Diferente do revendedor, que compra produtos para revender, o vendedor autônomo é contratado pelas empresas para executar atividades comerciais. 

Como vendedor autônomo, você não possui vínculo empregatício com nenhuma das empresas que trabalha.

Portanto, você mesmo irá administrar seu negócio focado em potencializar as vendas das marcas. Os tipos de serviços que você pode oferecer são:

  • Prospecção de clientes;
  • Vendas diretas;
  • Gerenciamento de carteira de clientes;
  • Planejamento comercial.

 

18. Crie audiobooks

Muitas pessoas têm uma rotina corrida e não possuem tempo para ler todos os livros que gostariam. Assim, ao oferecer os serviços de audiobooks, você soluciona o problema desse público, pois disponibilizará livros que podem ser lidos no caminho do trabalho para academia, enquanto as pessoas cozinham, etc…

Para produzir um audiobook de qualidade, você pode usar o gravador do seu próprio celular ou baixar algum editor de áudio no seu computador. Em seguida, basta encontrar uma plataforma para hospedar seu mais novo produto digital

E então, gostou das ideias que demos para quem quer trabalhar em casa? Agora é o momento de colocar em prática as dicas que você mais gostou e alcançar o seu grande sonho e a sua independência!

Para isso, você precisa de uma plataforma completa que vai ajudá-lo na publicação do seu produto digital, criação de conteúdos, execução das  estratégias de Marketing e muito mais. 

Portanto, conheça a plataforma da HeroSpark e crie sua conta gratuita agora mesmo! 

Imagem de oferta Imersão Foguete Digital

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.