empreender com a herospark

O 6 em 7 é uma técnica de vendas que possibilita um faturamento sobre um produto digital na faixa de 6 dígitos, ou seja, pelo menos R$ 100.000 — em apenas 7 dias.

 

Há alguns anos, isso poderia ser visto como piada no empreendedorismo. Mas a Internet mudou tudo. Hoje, você pode vender produtos 100% digitais, com o auxílio de anúncios e conteúdos por todas as mídias digitais, influenciadores e muito mais.

 

A seguir, você vai ler como funciona a técnica 6 em 7 e quais as estratégias utilizadas para alcançá-la. Aproveite a leitura.

 

O que é 6 em 7?

 

O modelo 6 em 7, também chamado de Fórmula de Lançamento ou Product Launch Formula, nasceu em 2005, nos EUA. Érico Rocha foi o brasileiro que trouxe o modelo para o nosso país.

 

Dentro dessa estratégia, também se associa os múltiplos:

  • 6 em 7 — quando o faturamento alcança os 6 dígitos;
  • 6 em 1 — quando se conquista mais de 6 dígitos em um único dia;
  • 7 em 7 — que são 7 dígitos em 7 dias.

 

Afinal, existe algum segredo que esses empresários têm para conseguirem esses resultados?

 

Preparo prévio

 

Raramente alguém consegue o 6 em 7 no primeiro lançamento. No geral, exige-se uma comunidade em volta da marca, um blog ou rede social no qual as pessoas já conhecem o seu produto digital ou serviço. Esse preparo também vem com várias tentativas de 6 em 7.

 

Além disso, ainda existe a fase do pré-pré-lançamento ou PPL, que são 2 a 7 dias de conteúdos que geram expectativas quanto ao produto que será lançado no mercado digital. Até isso ressalta como o lançamento, em si, exige preparação prévia. Você entenderá melhor todas as fases mais a frente.

 

E, é claro, dificilmente o produto será desenvolvido durante esse período. No geral, existem meses de trabalho nos bastidores antes mesmo do PPL para conseguir desenvolver o produto e a estratégia ideal.

 

Habilidades no digital

 

Antes de se dedicar a esse lançamento, é indicado desenvolver algumas habilidades que muita gente pode ainda não ter, como boa oratória e dicção, desenvoltura, capacidade de treinar um time, conhecimentos em marketing digital etc.

 

Primeiro, porque, ao longo do lançamento, como expert de um produto ou prestador de um serviço, você terá que falar diretamente com a sua audiência por meio de vídeos e lives — em alguns casos, pessoalmente. Adicionalmente, a produção desses vídeos, lives, conteúdos em texto e anúncios demanda o auxílio de um grupo de pessoas que vão fazer parte da sua rotina.

 

Produtos certos

 

Algumas pessoas tecem duras críticas ao 6 em 7 porque tentaram vender produtos físicos com a técnica. Esse é um grande equívoco porque, por mais que pareça muito, R$ 100 mil em uma semana, esse valor não é necessariamente lucrativo para cobrir os custos dos anúncios e das equipes, quem dirá despesas de matéria-prima e de outras operações com itens tradicionais.

 

E se você presta serviços milionários e/ou que envolvem patrocínio, como nos esportes, será praticamente impossível conseguir vendas apenas no digital. Esses produtos exigem participações em reuniões, jantares e outros encontros mais próximos.

 

Inclusive, existe o lançamento espartano para isso. É uma modalidade específica para a contratação presencial de um empreendedor digital.

 

Quais são as estratégias do 6 em 7?

 

Agora que você já conhece as considerações iniciais para fazer um lançamento milionário, descubra os principais tipos de lançamento e estratégias relacionadas.

 

Lançamento Semente

 

No lançamento semente, que é a estratégia mais simples e voltada para os iniciantes, você lançará o seu produto por meio de uma aula ao vivo que ocorre após uma série de emails enviados para os leads.

 

De certa forma, ele até parece um pré-lançamento, um preparo para o lançamento oficial. Isso porque, com ele, você poderá investigar a demanda pelo produto que você quer vender, fazer testes, receber feedbacks, estudar resultados e colher depoimentos que serão úteis no futuro.

 

O formato de aula ao vivo é o ideal porque, já que é em tempo real, dispensa o gasto de recursos com edições de vídeo e, em consequência disso, o infoproduto pode ser mais barato e fácil de vender.

 

Lançamento Interno

 

Esta estratégia é um pouco mais evoluída: antes de lançar seu produto digital, você deverá publicar entre 3 a 5 vídeos como pré-lançamento.

 

Todos os feedbacks e depoimentos obtidos com o lançamento semente serão utilizados no lançamento interno. Por isso, é importante seguir esta ordem caso você vá entrar para o mundo dos lançamentos.

 

O nome desse lançamento é interno porque você continuará vendendo apenas para o seu público, sem disponibilizar links para afiliados ou outros parceiros empreendedores.

 

Lançamento Semi-interno

 

É o lançamento interno somado à colaboração de 2 a 3 outros infoprodutores. É importante que sejam pessoas de sua confiança ou que já tenha uma certa audiência, para garantir que seu produto será bem impulsionado.

 

Isso significa que o seu público expandirá e incluirá os possíveis clientes desses outros empreendedores, dando uma proporção maior ao seu lançamento e aproximando-o ao esperado 6 em 7.

 

A principal habilidade, nesta estratégia, é fazer networking para contar com o apoio de outros experts, criadores de conteúdo, afiliados, entre outros.

 

Lançamento Externo

 

O lançamento externo é praticamente um divisor de águas. Agora sim as diferenças passam a ser mais significativas, já que, geralmente, ele resulta em um faturamento 10 vezes maior que os anteriores.

 

A primeira diferença está na quantidade de parcerias: o recomendado é no mínimo 10 pessoas, mas há quem conte com 100 outros empreendedores.

 

Normalmente, eles se responsabilizam pelos conteúdos bônus dos produtos digitais e por lançamentos paralelos, deles mesmos.

 

Lançamento Perpétuo

 

Este é o lançamento que mantém o seu produto digital no mercado, sem previsão de encerramento das vendas. Assim como o lançamento semente, é recomendável que o seu ticket médio não seja alto — até porque o infoproduto estará sempre disponível para o público, sem escassez.

 

Lançamento Relâmpago

 

É um lançamento bastante simples, mas com algumas limitações. Na estratégia relâmpago, você só precisa enviar 6 a 7 e-mails para os seus leads e o carrinho de compras deve fechar rapidamente. Para isso, os descontos devem ser expressivos e o seu maior benefício é a geração de fluxo de caixa ou dinheiro rápido para o seu negócio.

 

Relançamento

 

É simplesmente a repetição de um lançamento já feito. Pode se dar de duas formas:

  • Clássico — No relançamento clássico, você apenas publica novamente todo o conteúdo do lançamento, como vídeos, landing pages e e-mails. Logicamente, você economiza tempo e recursos, mas, em troca, o faturamento esperado deve ser bem menor que o do lançamento original;
  • R2X — Aqui você relança o seu produto depois de aperfeiçoar a sua oferta e captar ou qualificar mais leads. Assim, haverá um trabalho a mais, contudo, a expectativa é que você consiga dobrar as suas vendas — daí o nome R (relançamento) e 2X (duplicado).

6 em 7: principais dúvidas

 

Existem vários caminhos para conseguir o seu 6 em 7, então ter inseguranças é normal. Acompanhe os principais questionamentos de quem ainda não fez nenhum lançamento:

 

Qual estratégia efetuar primeiro?

 

O mais aconselhável é começar pelo lançamento semente. Ele é o mais simples e tem altas chances de gerar dinheiro mais rápido. O porém é que, dificilmente, é viável fazer os 6 dígitos em uma semana com eles.

 

Quais são as etapas dos lançamentos?

 

Na maior parte das estratégia de lançamento, você seguirá estas etapas:

 

  1. PPL — Como já citamos no início do artigo, o PPL é como um aviso, um suspense básico na sua audiência. Você deve publicar conteúdos do tipo ‘em breve…’ ou ‘vem aí…’, aludindo ao seu produto digital que logo virá a público.
  2. PL (pré-lançamento) — O jogo começa nesta fase. Você veiculará conteúdos de valor e criará a sua lista de leads por uma a duas semanas. Além de criar vínculo e gerar consciência sobre o seu negócio, os conteúdos PL geram um senso de reciprocidade e compromisso. As pessoas consumirão esses conteúdos valiosos gratuitamente e, nas etapas futuras, comprarão o seu produto para ‘não decepcionar’ você.
  3. L (lançamento) — Esta fase é o core do 6 em 7. Você basicamente abre o carrinho e faz as vendas. Mas fique atento ao suporte, à capacidade dos servidores da plataforma e às conversões (quantidade de pessoas que realmente pagam o boleto, problemas com cartão de crédito, entre outros).
  4. Pós-L (pós-lançamento) — É o momento em que os leads acessam o seu produto. É importante acompanhar de perto todas as impressões geradas: se os seus clientes recebem o que esperam (ou além do que esperam), se conseguem acessar adequadamente o infoproduto e, por fim, no caso dos cursos online, quantos efetivamente concluem o curso.

É essencial tentar fazer com que os seus alunos façam o seu curso até o final. Porque, normalmente, é isso que garante a concretização dos resultados para eles e alunos com resultados significa cases de sucesso para você e mais lançamentos milionários no futuro.

 

Aprenda mais sobre como fazer um lançamento de sucesso:

 

 

Como saber que o meu produto é bom para um 6 em 7?

 

Tudo bem se você duvida do seu produto. Vender milhares de reais com um produto intangível, que só existe em uma plataforma, pode causar essa incerteza. Por isso, Rocha desenvolveu um esquema para estimar a qualidade de um produto digital:

 

1. Ele é a sua paixão

 

O conteúdo do seu infoproduto trata de algo que você gosta, é apaixonado. Fazer o que gostamos tende a aumentar muito as chances de sucesso envolvido. Isso acontece também no mercado de produtos digitais.

 

2. Você é realmente habilidoso com ele

 

Gostar de algo não significa ter domínio sobre ele. Quando você encontra algo que você gosta e tem talento, aproveite. Não importa se você posta 15 conteúdos por dia sobre o seu curso, se você não tem habilidade, as pessoas percebem.

 

Lembre-se de que a visibilidade vem do digital, mas a autoridade só vem com o conhecimento. Os clientes estão cada vez mais conscientes e empoderados com tanta informação disponível.

 

3. O produto dá dinheiro

 

Existe mercado para o seu produto digital? Seja realista: não existe técnica de vendas milagrosa para produtos que não vendem.

 

Caso você tenha paixão e habilidade com algo que não vende, é melhor limitá-lo a hobby.

 

Quais as ferramentas necessárias para fazer um lançamento?

 

Existe todo um universo voltado para os lançamentos e você encontrará os recursos mais básicos nas agências de lançamento. Porém, antes de conhecê-los, confira alguns produtos da HeroSpark que vão te preparar melhor para o seu primeiro 6 em 7:

 

SparkStart

O 6 em 7 é uma técnica de vendas com muitos cases de sucesso, mas o SparkStart oferece um conjunto de métodos para ajudar você a vender — independentemente das fórmulas de sucesso.

 

Quase todo mundo tem ideias de produtos, mas quem realmente consegue colocá-la no mercado? O programa SparkStart conduz um empreendedor, do zero, até as suas primeiras vendas com um curso online.

 

Mas por que ele funciona?

 

Porque ele foi validado entre dezenas de outros empreendedores, que começaram assim, do nada, mas se consolidaram e estão há anos no mercado, até hoje.

 

SparkFunnels

 

O funil de vendas é praticamente o elemento principal de um negócio digital. Ele mostra a quantidade de pessoas e o faturamento de quem acaba de conhecer o seu produto até quem realmente comprou e o quanto pagou. Também há métricas associadas, tipos de estratégias apropriadas para cada etapa do funil e conteúdos específicos para cada momento.

 

O problema é que tudo isso envolve uma série de conhecimentos que fogem ao seu produto principal: você deve entender de copywriting, design, automação etc. Mas o SparkFunnels entrega tudo isso pronto para você.

 

Vamos supor que você quer produzir um webinar (lançamento semente).

 

Ao clicar em criar a sua conta no SparkFunnels, automaticamente, você já terá:

 

  • uma página de captura;
  • uma thank you page;
  • uma plataforma para o webinar;
  • ambiente de checkout.

Assim, de forma instantânea, você pega vários atalhos. Nada de plugins de WordPress, plataformas de pagamento, URL’s diferentes e outras dores de cabeça.

 

Além do mais, em vez de, a cada um dos 7 lançamentos, você criar todo esse material do zero, basta acessar os templates devidamente elaborados para o seu negócio.

 

SparkMembers

 

Pelo SparkMembers é possível criar e hospedar o curso online. Ele permite a utilização de vídeos, áudios, PDFs e muito mais.

 

Esta ferramenta possibilita o gerenciamento completo da área de membros, o que entrega uma experiência única aos seus clientes. Além disso, realiza a emissão automatizada do certificado.

 

O lançamento 6 em 7 é uma técnica milionária que, conhecendo os seus princípios básicos, é acessível a qualquer um. Mas para se destacar nesse meio cada vez mais popular, é essencial seguir os melhores caminhos, com as melhores ferramentas.

 

Com a HeroSpark você tem tudo em um só lugar para alcançar o seu 6 em 7.  Com as nossas soluções, você consegue desde criar seu produto digital, até mesmo lançar suas páginas e funis de vendas.

 

Gostou de saber como o famoso 6 em 7 também está ao seu alcance? Conheça gratuitamente nossos produtos e descubra mais sobre os negócios digitais!

vender cursos online herospark

2 Comentários

  1. Aqui é o Felipe Almeida, gostei muito do seu artigo tem
    muito conteúdo de valor parabéns nota 10 gostei muito.

    1. Larissa Oliveira disse:

      Oi, Felipe! Tudo certo?

      Ficamos muito felizes em ter ajudado 😀

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *