Um blog sobre empreendedorismo, negócios digitais e cursos online


Não perca mais nenhuma novidade!

Assine nosso blog e ative as notificações para receber os melhores conteúdos sobre empreendedorismo


O que é networking e como usar a seu favor

o que é networking

Você já percebeu como a maioria dos empreendedores sabe o que é networking? É uma das ocupações que naturalmente precisam de conexões com outras pessoas nos negócios, ou seja, uma rede de contatos profissional.

 

A propósito, Jeffrey Gitomer, um dos maiores autores da área, diz que o networking é o melhor caminho para quem não gosta de vender. Converse com advogados, arquitetos, contadores, enfim, pessoas que tradicionalmente ‘não são das vendas’. A maioria dos seus novos clientes vêm de indicações e referências.

 

Confira no artigo a seguir o que é networking e como usá-lo de forma inteligente!

 

O que é networking e qual a sua importância?

 

A rede de contatos ou networking é o processo de nutrir relacionamentos com pessoas que podem contribuir e/ou se beneficiar também com o seu trabalho. 

 

Mas isso também não é nada de outro mundo, já que formar parcerias e permutas, interagir com integrantes de um escritório de coworking e estar em grupos nas redes sociais podem ser consideradas ações de networking. 

 

Afinal, vale a pena fazer networking, mesmo para quem é tímido?

 

Bom, em primeiro lugar, o networking pode ajudar você a ter sempre novas e melhores ideias. Rodear-se de pessoas com uma configuração mental alinhada à sua tende a potencializar seus projetos e, a longo prazo, você pode causar impacto positivo na sociedade por criar soluções ainda melhores — além de impulsionar a marca pessoal.

 

A rede de contatos também ajuda na saúde do seu negócio em si. A partir do momento em que você conquista a confiança de um colega e ele indica você para algum cliente dele, você foi bem sucedido no networking e conseguiu vender mais. 

 

Por fim, o próprio ‘valuation’ da sua empresa melhora quando existe networking. Imagine que você é um grande investidor: em quem você apostaria seus recursos, em um empreendedor isolado ou naquele que mantém contato com vários outros empreendedores?  

 

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

 

Networking: como fazer

 

Se você está pensando que precisa pagar grupos caros de Mastermind para fazer networking, pode ficar tranquilo. Todo mundo parte de um começo e, na maioria das vezes, o básico funciona.

 

  • Gere resultados

 

Mesmo ‘sozinho’, é possível conseguir cases de sucesso, quando você oferta serviços, ou bons números, quando se trabalha com produtos ou infoprodutos. Inclusive, a sua própria história de vida já pode ser um atrativo para quem tem dúvida em fazer parceria com você. É preciso ser realista e pensar nisso para evitar frustrações e aumentar sua chance de sucesso no networking.

 

  • Saiba mostrar seu potencial

 

Há muitas pessoas com histórias (e resultados) incríveis, mas que não estão visíveis. A saída é perder um pouco da timidez, investir em produção de conteúdo no LinkedIn, storytelling e até mesmo estudar noções de oratória — para fazer networking nos eventos.

 

  • Aproveite as oportunidades

 

Para usar o networking a seu favor, é essencial estar atento às oportunidades. Siga empreendedores que são uma inspiração para você nas redes sociais. Às vezes eles transmitem bate-papos e até ouvem pitches dos seguidores.

 

  • Ouça as outras pessoas

 

Falar dos seus resultados é importante, mas, acima disso, é imprescindível que o ouvinte queira saber dos frutos do seu trabalho. Acompanhe seus possíveis parceiros de networking, imagine quais são suas dificuldades e pense em como você pode contribuir. Por fim, adicione as possibilidades ao seu discurso ou proposta.

 

  • Cultive a sinceridade e a autenticidade

 

Imagine quantas pessoas vão ler este artigo depois de você. Quantas vão aplicar, ou ao menos tentar seguir, essas dicas. Se você não transmitir sua personalidade ao longo desse processo e não ser autêntico, seus possíveis colegas de trabalho podem ter a percepção de uma pessoa robotizada, sem essência.

 

Ferramentas que ajudam a fazer networking

 

Existem recursos que praticamente todos que fazem networking usam. Confira alguns:

 

Site

 

Ter um site passa bastante profissionalismo e ser profissional atrai contatos. Além de apresentar toda a sua história e a relevância do seu negócio, com ele, você pode atrair tráfego com postagens de blog e disponibilizar formulários para quem desejar ser seu parceiro ou, até mesmo, um lead

 

Redes Sociais

 

Por outro lado, se criar e manter um site ainda é uma dificuldade para você, use e abuse das redes sociais. Estamos na alta da internet e você tem pessoas de todas as tribos à sua disposição.

 

  • LinkedIn

 

É a maior rede profissional do planeta. Tudo o que é postado nesta rede social é sobre trabalho ou tange carreiras. Recrutadores e empresários veem a plataforma como uma forma altamente eficiente de atrair e selecionar talentos e, quem está desempregado, também se coloca disponível por lá. Enfim, é impossível não fazer networking quando se utiliza LinkedIn com regularidade.

 

  • Instagram

 

Apesar de ser uma rede voltada para o entretenimento, também está cheia de profissionais buscando parcerias. Aproveite, adicionalmente, o poder das lives e a possibilidade de entrevistar parceiros — ou ser entrevistado e mostrar seu conhecimento.

 

  • Twitter

 

Esta rede social é um pouco mais dividida. Enquanto parte dos usuários a utiliza exclusivamente para entretenimento, muitos profissionais a frequentam até hoje, para divulgar projetos, inclusive. Só para ilustrar, você sabia que o Simon Sinek twitta quase todos os dias? Experimente respondê-lo com algo relevante um dia!

 

  • Clubhouse

 

Clubhouse é a mais nova rede social e reúne muitos profissionais que buscam falar de trabalho. Funciona como um mix entre as lives do Instagram e os podcasts, com o diferencial de que qualquer pessoa pode entrar nas salas das transmissões de áudio e ouvir as conversas até dialogar diretamente com grandes empreendedores. 

 

Editores de imagem

 

Os softwares de edição de imagem e de fotos também servem para você se preparar e fazer networking. No Canva, por exemplo, há modelos excelentes de portfolios que servem muito bem para a sua apresentação pessoal. E mais: se você presta consultoria, é possível também elaborar um press kit bastante atraente, com a história da sua marca, biografias e fotos da sua equipe e perguntas frequentes.

 

Dessa forma, neste artigo, você entendeu o que é networking e como incorporar esta prática à rotina de trabalho. Busque sempre lembrar que uma rede profissional de contatos é edificante e pode promover impacto positivo na sociedade com soluções aperfeiçoadas.

 

Você quer se aprofundar  no mundo do empreendedorismo e elevar seu negócio digital a um nível ainda maior? Então conheça gratuitamente o SparkStart!

 

 

 

Mais artigos para você

Análise SWOT: exemplo de como fazer no seu negócio digital

Se você está procurando uma ferramenta para ajudar na construção de um planejamento estratégico mais assertivo, que tal usar a …

Memes no marketing digital: como usar e exemplos

Imagens, vídeos, frases e outras mídias ressignificadas com alcance viral: por que usar memes no marketing digital não seria uma …

Ensino híbrido: como iniciar na sua escola

O ensino híbrido é uma das grandes apostas da educação para o século XXI. Embora tenha surgido antes da pandemia …

Como empreender do zero: veja o passo a passo

Se você deseja ter seu próprio negócio, mas ainda não sabe como, o empreendedorismo digital é uma ótima saída para …

O que é Análise SWOT e por que utilizar no negócio digital?

Se você pretende ingressar no mundo do empreendedorismo digital, precisa conhecer todas as ferramentas e as técnicas de gestão existentes …

Planejamento estratégico de marketing em 5 passos

Primeiramente, como está o planejamento estratégico de marketing da sua empresa? Será que você está fazendo esse processo da maneira …