Calendário editorial: como criar o seu fácil [2022]

Calendário Editorial
Calendário Editorial

É comum que as pessoas acreditem que, para criar e manter um blog ou uma página profissional nas redes sociais, basta realizar algumas publicações. No entanto, é preciso ter qualidade, constância e conexão entre os conteúdos para gerar resultados eficazes.

O calendário editorial é uma ferramenta que vai auxiliar nessa jornada. É essencial para quem deseja melhorar as métricas e o tráfego da marca, por meio da produção de conteúdo. Isso porque permite a organização e a clareza da estratégia de publicações.

Então, se você deseja aprender a criar o calendário editorial do seu negócio e alavancar os resultados no marketing digital, confira este artigo. Boa leitura!

 

O que é calendário editorial?

Calendário editorial é uma programação utilizada para organizar o conteúdo da estratégia de publicações de uma marca ou pessoa.

O blog ou as redes sociais que têm essa organização nunca terão períodos de oscilação nas postagens. 

No marketing de conteúdo, o calendário editorial não pode ser negligenciado de forma alguma.

Sem ele, por mais que a equipe tenha ótimas ideias, as informações não terão conexão entre si e o usuário não vai se conectar com seu canal.

 

Por que ter um calendário editorial?

O calendário editorial contribui para a qualidade dos conteúdos publicados. Isso porque nada é feito de última hora ou sem uma estratégia bem pensada.

No caso de blog posts, por exemplo, esse planejamento permite escolher as melhores palavras-chave, boas referências e adequação às etapas do funil de vendas.

Assim, o responsável pelas postagens vai conseguir fazer publicações que conversam entre si e atraiam o leitor a visitar aquele canal com frequência.

Sem dúvidas, ter uma frequência de publicações é importante para engajar a audiência e criar uma rotina no relacionamento. 

Aliás, se tiver interesse em saber mais sobre como gerar tráfego orgânico, para seu site, página de vendas ou curso online, confira o vídeo: 

 

 

Como montar um calendário editorial?

Escolha a ferramenta

Escolher a ferramenta ideal é um passo muito importante, pois é o que vai fazer o calendário editorial ser colocado em prática. Por isso, tanto se você trabalha sozinho ou se tem uma equipe, veja qual é a maneira mais intuitiva e prática, para que a programação tenha constância e traga bons resultados.

A seguir, vamos sugerir algumas opções. Veja e defina a sua.

 

Agenda de papel

Estamos em um mundo informatizado e as plataformas online facilitam bastante os processos, principalmente quando falamos de trabalho em equipe.

No entanto, ainda existem pessoas que não conseguem se adaptar a planejamentos feitos no computador.

Então, não há problema em utilizar a agenda, desde que seja bem organizada e as informações não fiquem confusas.

Uma desvantagem da ferramenta é a possibilidade de ocorrer algum acidente e perder todo o conteúdo que foi colocado na agenda.

 

Planilhas

As planilhas são versáteis e permitem que o usuário faça as adaptações que preferir.

É uma ótima opção, tendo em vista que dá para criar uma estrutura na planilha, na qual é possível adicionar as datas e outros campos que vão facilitar a visualização.

Se a planilha estiver na nuvem e todos puderem visualizar as alterações em tempo real, é ainda mais prático.

Recomendamos a utilização do Google Drive, uma vez que é fácil de usar, se adapta a todos os dispositivos e a equipe inteira consegue contribuir.

 

Asana

Outra sugestão é fazer o uso de softwares como o Asana. Pode ser acessado tanto pelo PC quanto pelo celular e você pode incluir toda a equipe para acompanhar a programação. No Asana é possível:

  • Definir prazos e responsáveis;
  • Acrescentar campos personalizados;
  • Acompanhar o andamento dos processos;
  • Receber notificações.

 

Faça um planejamento

Frequência e locais de publicação

Chegou o momento de definir como vão ser as suas postagens. Então, escolha onde serão feitas as publicações:

  • Blog;
  • Instagram;
  • LinkedIn;
  • YouTube;
  • Facebook;
  • E-mail;
  • Entre outros.

Você pode escolher quantos canais quiser para publicar. Mas, depois, defina quantas vezes por mês cada mídia vai receber conteúdo.

Seja realista e pense realmente na sua capacidade produtiva. Isso vai ser essencial nos próximos passos.

Aqui na Hero, nós utilizamos diferentes formatos de conteúdo (como texto e vídeo) e várias plataformas para gerenciar (como Instagram, YouTube, blog e e-mail). Então precisamos de um bom calendário editorial, para que nada seja esquecido.

Imagem de oferta Mentoria Impulso Digital.

 

Categorias de conteúdo

Definir algumas categorias de conteúdo vai ajudar demais no momento de planejar os conteúdos a serem produzidos. Por isso, liste entre 3 e 4 temas que tenham a ver com o seu nicho e a sua persona.

Por exemplo, no caso de um infoprodutor que atua ajudando outros profissionais a utilizarem as redes sociais para vender, as categorias podem ser:

 

Desenvolva a estratégia

Chegou o momento de criar a estratégia de conteúdo da sua marca, com base em tudo o que foi pensado nos tópicos anteriores.

Portanto, pegue a ferramenta escolhida e inclua os seguintes pontos no seu calendário:

  • Data de entrega;
  • Data de publicação;
  • Local de publicação;
  • Responsável;
  • Etapa;
  • Pilar/editoria do conteúdo;
  • Pauta.

O ideal é preencher as informações quinzenal ou mensalmente.

Assim, a equipe consegue trabalhar com antecedência e os imprevistos não vão atrapalhar o fluxo de publicações da marca.

 

Acompanhe as métricas

Quando a estratégia for colocada em prática, as dúvidas vão começar a surgir e é justamente esse o momento de otimizar tudo o que foi criado. Alguns fatores a serem analisados são:

  • Usabilidade do calendário;
  • Necessidade de novas informações;
  • Se a linguagem é adequada à persona;
  • Taxas de conversão;
  • Aceitação e engajamento do público.

Com isso, vai ser possível rever a estratégia e melhorar os pontos fracos.

Não tenha medo de mudar, pois são as pequenas mudanças que podem fazer toda a diferença nos resultados do seu conteúdo.

 

Modelo de calendário editorial

Se após ler este artigo você ainda ficou com dúvida sobre como criar o seu calendário editorial, fique tranquilo: nós criamos um exemplo para você. 

Na planilha abaixo, veja um modelo bem básico para você se guiar. Por ser apenas um exemplo, inserimos somente uma postagem por dia. Porém, o ideal é que sejam publicados mais posts diariamente nas redes sociais. 

Adapte o calendário de acordo com a sua disponibilidade de produzir.

Por exemplo: no nosso exemplo, tem dois dias para stories, mas o ideal é postar todos os dias.

Exemplo de calendário editorial feito no Excel
Também inserimos nomes de exemplo (Luisa e Fernando), representando uma dupla de criação que ajudaria você no processo de produção de conteúdo.

Mas é claro que você pode criar as postagens sozinho. Inclusive, existem ferramentas gratuitas que tornam esse processo mais prático, como o Canva.

O exemplo foi direcionado para um infoprodutor que está prestes a lançar um novo curso, mas você deve adaptar conforme o seu negócio.

A planilha foi criada no Excel, mas você também pode reproduzir no formato que preferir, usando as ferramentas que mencionamos acima.

 

Como criar um calendário editorial para o Instagram?

Se você deseja criar um calendário editorial nas redes sociais que traga bons resultados, o Instagram não pode ser deixado de fora.

Isso porque ele está entre as mídias mais usadas no Brasil, inclusive por quem busca por produtos e serviços. Mas antes, é preciso realizar uma boa pesquisa para conhecer o seu público.

Você já parou para pensar se o conteúdo que você deseja oferecer em seu Instagram realmente faz sentido para os seus seguidores? 

Se eles não tiverem interesse, não adianta dedicar horas e horas do seu dia para produzir conteúdo. É preciso descobrir o que essas pessoas estão buscando e, assim, oferecer isso a elas.

Dessa forma, você precisa entender o seu público-alvo, fazendo um estudo de persona. Esse estudo é fundamental em qualquer negócio.

Com ele, você consegue entender quem são as pessoas impactadas pelo seu conteúdo e ter informações importantes para usar na hora de criar o seu calendário editorial.

Isso também vale para as outras redes sociais, e não somente para o Instagram.

Você também pode realizar enquetes nos Stories perguntando que tipo de conteúdo seus seguidores gostariam que você produzisse; criar formulários, etc.

Depois disso tudo, é hora de criar o calendário editorial do seu Instagram, que também deve ser dividido em:

  • Data da publicação;
  • Data da entrega;
  • Responsável;
  • Local de publicação (Feed, Reels, IG Tv, Stories, Guias);
  • Editoria;
  • Pauta.

Inicie o seu calendário editorial e veja a diferença que vai fazer na performance do seu conteúdo. Lembre-se que você pode começar com uma menor frequência, mas sempre seguindo uma linha de raciocínio que engaje o usuário. 

As redes sociais funcionam a partir de frequência, persistência e relevância. Vale mais a pena fazer menos posts por semana do que querer postar 5 vezes por dia e não conseguir dar conta.

Eduque seus seguidores sobre sua frequência. Depois de um tempo, eles vão entender, por exemplo, que todos os dias pela manhã você posta uma nova publicação.

E pode ter certeza de que, se o seu conteúdo entregar algum valor, eles vão esperar por ele.

Porém, da mesma forma, se você ficar por muito tempo sem postar, o público perceberá que a rede social está “abandonada”, o que pode fazer com que o seu negócio perca a relevância e a sua conta perca seguidores.

Agora que você já sabe tudo sobre como criar um calendário editorial para o seu negócio, elabore seu funil de vendas e produza os conteúdos certos para converter visitantes em clientes!

Banner escola de psicanálise
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.