Um blog sobre empreendedorismo, negócios digitais e cursos online


Não perca mais nenhuma novidade!

Assine nosso blog e ative as notificações para receber os melhores conteúdos sobre empreendedorismo


Conteúdo evergreen: o que é e como produzir o seu

Conteúdo evergreen

Conteúdo evergreen é o termo dado a uma publicação que trata de um assunto persistente no tempo, que não cai no esquecimento. 

 

Se você tem um blog, por exemplo, e não tem tempo de atualizá-lo regularmente, o que acha que aconteceria se a página só tivesse notícias e temas de descobertas recentes, que param de ser pesquisadas com o tempo? 

 

A falta de atualização de qualquer blog ou rede social os fariam receber cada vez menos acessos. Mas, se você alimentá-lo com conteúdos que podem ser buscados a qualquer momento, você pode, sim, manter o tráfego em um nível razoável.

 

Dessa forma, o conteúdo evergreen não precisa ser aplicado somente em artigos de blog. 

 

Caso você crie uma isca digital no formato de guia, só para ilustrar, é importante que se atente ao tópico deste guia, se é obsoleto e pode ficar para trás, ou não. O mesmo acontece com postagens para redes sociais, como Instagram e LinkedIn.

 

Neste post, você vai entender o que é, quais as vantagens e como produzir este tipo de conteúdo. Vamos lá?

 

O que é conteúdo evergreen?

 

Sabe o que não é relacionado à estratégia evergreen? Moda e tendências. Tudo o que é passageiro. Provavelmente, quando se produz um conteúdo, a expectativa é que perdure, que as pessoas o consultem mais de uma vez. 

 

Por mais que você não produza nada relacionado a notícias, alguns detalhes na produção podem levar seu conteúdo a se afastar do que é evergreen e acabar caindo no esquecimento. Você entenderá melhor quando ler as dicas de produção de material evergreen, mais à frente.

 

Vale a pena focar a minha estratégia digital neste tipo de conteúdo?

 

Produzir conteúdo evergreen não é exatamente uma regra, mas é razoável seguir essa estratégia, sim. Acompanhe o porquê:

 

Ganhe vantagens com o posicionamento nas páginas do Google

 

Um dos braços do marketing de conteúdo preconiza a produção de materiais que, a longo prazo, contribuem para que você seja encontrado em pesquisas do Google de um modo cada vez mais fácil, nas primeiras páginas. 

 

Assim, o tipo de conteúdo que tende a manter e incrementar o seu tráfego mês a mês é o evergreen. Crie listas, textos de tira dúvidas ou de desmistificação de crenças… essas categorias de conteúdo costumam ser atemporais e úteis de forma recorrente para o público-geral. 

 

Tenha um conteúdo que precisa ser atualizado com menos frequência

 

Pelo fato de o conteúdo evergreen se tratar de uma temática bem estabelecida, dificilmente você precisará atualizá-lo — o que faz bastante diferença na rotina de produção de conteúdo de quem trabalha com tecnologia, por exemplo, que já convive com muitas atualizações.

 

Para produzir de maneira consistente e ter presença forte no universo digital, é necessário otimizar o seu tempo sempre que puder e criar conteúdo evergreen é a favor disso.

 

Gere leads de forma contínua 

 

Os conteúdos evergreen, via de regra, são conceituais, explicativos e pontuais. Atraem leads de um perfil determinado. Já os assuntos mais dispersos, relacionados a acontecimentos podem atrair qualquer tipo de visitante. 

 

Dessa forma, o conteúdo perene é capaz de atrair aquele público previsto, de possíveis clientes, a quem chamamos também de leads.

 

Como produzir publicações evergreen?

 

Se interessou pela estratégia? Então confira agora as melhores dicas para manter seu conteúdo perene. 

 

Títulos estratégicos

 

Existe uma forma de deixar evidente, de dar pistas que uma publicação é perene: escolha títulos específicos, como estes:

 

  • O que é… 
  • Perguntas frequentes sobre…
  • O que saber antes de começar…
  • Saiba tudo sobre…
  • Como criar…
  • Checklist para…

 

Conteúdos de topo de funil

 

Raciocine comigo: conteúdo evergreen é aquele que deve ficar por muito tempo sendo visitado. Assim, novas pessoas vão aparecendo para consultá-lo, certo? Por isso, a sua pauta não deve ser tão detalhada sobre o seu negócio. O público-alvo dela deverão ser pessoas que ainda não têm ideia do que você faz.

 

Conteúdo de topo é isso. São temas e linguagens acessíveis, para que qualquer visitante que, embora não conheça o seu produto ou serviço, entenda o que ele faz e se sinta atraído de alguma forma (ao ler, no fim do conteúdo evergreen, a chamada para ação).

 

Estratégia com datas e contexto

 

Tradicionalmente, evita-se inserir datas a todo custo nos conteúdos perenes. Mas, até para não comprometer a experiência do usuário, é possível que vez ou outra seja necessário apresentar datas. 

 

Logo, em vez de utilizar expressões como ‘atualmente’ para se referir a um período de crise, por exemplo, opte por ‘neste período de crise’. Em relação a palavras ainda mais explícitas como ‘hoje’ ou ‘amanhã’, é totalmente desnecessário utilizá-las. Evite-as.

 

Transparência com as atualizações 

 

Mesmo que o seu artigo de conteúdo perene fale de um assunto muito bem estabelecido, é normal e também recomendável que você o atualize em algum momento. 

 

Então para que o visitante entenda que você tratou do tópico da forma mais atual e que pode confiar no conteúdo, deixe visível a data em que o post foi atualizado. Detalhe: não queira burlar isso atualizando apenas a data e fingindo que o seu conteúdo é atual. Há muitos concorrentes e se o leitor notar essa jogada (e provavelmente vai), sua autoridade no mercado pode ficar comprometida.

 

Alinhamento com a sua Thank You Page

 

Na Thank You Page, você agradece um lead por ter baixado algum infoproduto ou isca digital e ainda o convida para uma ação que revele as próximas etapas que poderia realizar, como a leitura de um artigo. 

 

Então é só linkar para um conteúdo evergreen. Assim, as chances do lead se identificar com o assunto abordado serão maiores do que se você o vinculasse a um tema não exatamente perene. 

 

Alimento para fluxos de e-mail

 

O conteúdo evergreen também pode ser associado a fluxos de e-mail voltados à nutrição de leads. Ou seja, o envio periódico de mensagens  para manter um vínculo com a audiência. Faça uma copy boa direcionando o público para o conteúdo em seu blog. 

 

Veja mais dicas aqui:

 

 

 

Melhora do posicionamento no Google, conteúdo de fácil gerenciamento e geração de leads são só algumas das vantagens do conteúdo evergreen. Não deixe de seguir nossas dicas e investir nos assuntos perenes para otimizar sua estratégia de marketing digital.

 

E você, também quer melhorar a sua gestão de conteúdo? Conte com a SparkFunnels, a nossa ferramenta de funil de vendas! 

 

Mais artigos para você

Psicologia das cores no marketing: entenda o significado

O marketing de uma empresa abrange diversos detalhes que devem ser pensados para que ela se destaque em meio às …

Slogan: exemplos para infoprodutores

O slogan é uma frase utilizada para gerar identificação de um produto, um serviço ou uma marca e também pode …

O que é FAQ e como criar para o seu negócio digital

Afinal, o que é FAQ? Provavelmente, você já se deparou com essa sigla em algum site ou blog na Internet. …

Infoproduto ou dropshipping: descubra a melhor opção

Se você quer investir no empreendedorismo, mas ainda não sabe qual caminho seguir, precisa saber qual é a diferença entre …

Autoridade digital: o que é e como construir

Você deseja que a sua empresa tenha autoridade digital, mas está quebrando a cabeça e ainda não sabe como fazer …

15 frases para atrair clientes e aumentar as vendas

  Hoje em dia, é cada vez mais difícil chamar a atenção das pessoas nas redes sociais. Isso se dá …