Um blog sobre empreendedorismo, negócios digitais e cursos online


Não perca mais nenhuma novidade!

Assine nosso blog e ative as notificações para receber os melhores conteúdos sobre empreendedorismo


Lista de leads: o que é e 6 passos para montar

Gráfico de acessos a um site. Texto da imagem: lista de leads

Uma das premissas básicas para obter sucesso no marketing digital é ter uma lista de leads qualificados. Este é um excelente ativo para que você impulsione seus conteúdos e concretize negócios.

A qualidade da sua lista de contatos está diretamente relacionada ao interesse deles em receber os seus conteúdos. De que adianta ter milhares de e-mails na sua base, se eles não têm o mínimo de interesse no que você tem a oferecer?

É por isso que técnicas como comprar listas de leads são equivocadas e não trazem bons resultados. O ideal é que cada empresa crie a sua própria lista para obter leads realmente qualificados e interessados no tema do seu negócio.

Mas como construir uma lista de leads própria? Continue acompanhando este artigo para aprender o que é e conferir 10 passos para montar a sua!

 

O que é uma lista de leads?

Uma lista de leads é uma técnica que consiste em elencar uma série de dados de clientes e potenciais clientes. Esses dados geralmente são nome e email, mas também podem conter outras informações, como telefone, localização, empresa, etc.

Diferentemente de uma simples lista de e-mails, a lista de leads possui contatos que já apresentaram algum interesse em seus produtos/serviços ou conteúdo.

Com ela, você pode disparar emails marketing e newsletters para nutrir os leads de acordo com o estágio em que eles se encontram no funil de vendas.

A nutrição de leads é uma poderosa estratégia de Marketing de Relacionamento que serve para criar conexão entre o cliente ou futuro cliente e sua marca; conduzi-lo durante a jornada de compra e garantir que ele reconheça seu produto como a melhor opção de compra.

O e-mail é um canal direto e mais próximo do usuário. Por isso, investir nele é fundamental para marcas que desejam obter bons resultados no ambiente digital, conquistar novos compradores e fidelizar clientes.

Mas antes de iniciar a nutrição dos seus leads, você precisa ter leads, certo? Continue acompanhando este artigo e descubra como montar a sua lista! A boa notícia é que é possível gerar leads de graça:

 

 

6 passos para montar uma lista de leads

 

Passo 1: entenda por que você deseja montar uma lista de leads

Tudo o que você faz no ambiente digital deve ter um porquê. Ao montar uma lista de leads, não é diferente.

A geração de leads é um processo que pode ser demorado e que gera resultados a longo prazo. Isso porque o lead deverá ser educado, por meio dos seus conteúdos, até decidir pela compra.

Apesar disso, essa é uma estratégia que pode trazer resultados incríveis se for realizada da forma correta.

Por se tratarem de pessoas que já mostraram interesse em fazer parte da sua lista de contatos, você tem a vantagem de poder se conectar com quem já está mais avançado no processo de compra; que possuem dúvidas claras e que podem estar a um passo (ou um clique) da compra.

 

Passo 2: entenda qual tipo de lead você está buscando

Além de entender por que você deseja montar uma lista de leads, é importante saber qual(is) tipo(s) de leads você está buscando.

Uma forma de descobrir isso é criando personas, que são representações fictícias dos clientes ideais do seu negócio. A persona é baseada em dados reais sobre comportamento e características dos seus clientes.

Mais do que seu público-alvo, a persona deve se tornar uma figura palpável, muitas vezes com nome, endereço e uma rotina diária. 

As personas são criadas para que seja possível enviar a mensagem certa para a pessoa certa. Sem ela, é possível que a sua estratégia se perca e acabe falando com pessoas que não entendem o que você tem a dizer. 

Um erro comum é oferecer um produto destinado à classe A para a classe C, por exemplo. Não precisamos dizer que, nesse caso, as chances de conversão são mínimas, certo?

Quanto mais o seu lead for parecido com a sua persona ideal, mais chances de ele se tornar o seu cliente.

 

Passo 3: crie iscas para atrair novos leads

Existem diversas formas de atrair leads, as chamadas “iscas”. São elas:

 

Conteúdo

Oferecer conteúdo de qualidade em troca de novos contatos é uma isca clássica que costuma trazer bons resultados.

67 headlines para páginas de vendas

Você pode oferecer, gratuitamente, e-books, mentorias, webinars, minicursos, entre outros conteúdos em troca do contato da pessoa interessada.

Funciona da seguinte forma: por meio de uma landing page, o usuário preenche um formulário, informando nome, email e/ou telefone, entre outros dados (apesar de recomendarmos que sejam somente esses – quanto mais campos, menos pessoas preenchem).

Ao preencher, o novo lead terá acesso ao download do material ou login para acessar determinado conteúdo.

Esse método traz muitas vantagens, como:

 

  • Torna a sua empresa uma autoridade no tema do conteúdo perante os mecanismos de busca;
  • Possui alta taxa de conversão;
  • É uma forma de educar o mercado.

Promoção

Quem nunca acessou uma loja virtual e, para ganhar um cupom de desconto, forneceu seu e-mail? Essa é uma forma clássica e bastante efetiva de conquistar novos leads.

Uma vantagem desse tipo de isca é a potencialidade de viralização. Além disso, se o cliente informou o email para aproveitar a promoção, isso significa que ele tem interesse em comprar (ou já comprou) o seu produto.

 

Ferramentas

Outra forma de obter leads é oferecer, gratuitamente, templates, tabelas e outras ferramentas que possam resolver um problema do seu futuro cliente.

Além dessas opções, as ofertas de contato dentro do seu site também podem ser utilizadas como uma ferramenta de captação de leads.

 

Passo 3: criar uma landing page

Como citado anteriormente, é por meio de formulário para preenchimento de nome, e-mail e outros dados que você obtém novos leads.

Esse formulário precisa estar hospedado em algum lugar. Para isso, a criação de uma landing page é a melhor opção. Nela, você pode inserir informações sobre seu produto/serviço, hospedar e-books e outros materiais e, é claro, inserir o formulário.

A HeroSpark oferece uma ferramenta gratuita para criação de landing pages e que auxilia em todas as etapas da criação de um funil de vendas.

 

 

Passo 4: divulgar a landing page

Criar a landing page e deixá-la de lado não ajudará você a montar sua lista de leads. Após criá-la, você precisa iniciar o processo de divulgação para receber novos visitantes.

Você pode compartilhar sua landing page nas mídias sociais, por exemplo. Os posts devem incentivar as pessoas a clicarem no link da landing, por meio de CTAs estratégicos.

Outra opção é divulgar a landing em seus artigos de blog. O link da landing pode ser inserido em diversos momentos ao longo do texto. Mas lembre-se: simplesmente divulgar a landing pode não ser efetivo. Você deve investir em técnicas de copywriting para tornar a isca irresistível para o leitor.

Além desses, você ainda pode divulgar a landing por meio de mídia paga, no Facebook Ads e Google Ads, e investir em grupos de discussão sobre o tema do seu negócio, por exemplo.

 

Passo 5: analisar os resultados

Depois de finalmente montar a sua lista de leads, é importante acompanhar como está a sua estratégia, fazendo análises dos resultados de cada isca e ação realizada.

Os leads obtidos com as ações realmente têm o perfil desejado para a sua empresa? As conversões estão acontecendo?

Lembre-se que esse processo deve estar em constante construção. Você pode realizar novas ações a todo momento para ajustar sua lista de leads e chegar aos contatos ideais.

 

Passo 6: Nutrir os leads

Após conquistar os leads, é chegada a hora nutri-los com conteúdos relevantes, para que eles sintam que realmente valeu a pena fornecer o contato para o seu negócio. 

É a partir da nutrição dos leads que as próximas ações são tomadas. Esse processo serve para mover o lead nas etapas da jornada de compra ou funil de vendas. Por fim, o objetivo é, finalmente, gerar conversão.

Agora que você já aprendeu a criar uma lista de leads para o seu negócio, não deixe de conhecer a Herospark! Com a ferramenta de funis da HeroSpark, você pode montar o seu funil de vendas em menos de 5 minutos, sem precisar de programadores, designers e agências.

Crie landing pages, hospede seu curso online e/ou ebook; crie, dispare e automatize emails marketing e encontre tudo o que você precisa para fazer o seu negócio digital ter sucesso em um só lugar!

pesquisa panorama dos negócios digitais

Mais artigos para você

StreamYard: como usar [passo a passo]

Você costuma fazer apresentações ao vivo? Então, precisa conhecer e aprender como usar o StreamYard. Essa plataforma tem uma versão …

Marketing digital: como funciona e estratégias infalíveis

Os avanços tecnológicos e a chegada da Internet possibilitaram a criação de novas estratégias. Dentre elas podemos citar o marketing …

Rede de display: o que é e como criar uma campanha?

Sabe aqueles anúncios que aparecem em formato de banner nas laterais, no rodapé ou no topo de sites, vídeos e …

Screencast: o que é e quais ferramentas usar

Você sabe o que é um screencast? Essa técnica pode ser extremamente útil para a sua estratégia de vídeos.  Os …

SEO para YouTube: 5 dicas para se destacar

Se você quer que seus vídeos tenham um ótimo desempenho, precisa investir em estratégias de SEO para YouTube. Isso porque …

Linha editorial para Instagram: estratégia completa

Para trabalhar as estratégias de marketing digital do seu negócio, é muito importante ter uma linha editorial no Instagram. Produzir …