Como trabalhar com marketing digital em 11 passos

como trabalhar com marketing digital
como trabalhar com marketing digital

As tendências já apontavam para isso, mas, depois do isolamento social, mais pessoas passaram a se interessar em como trabalhar com marketing digital.

Afinal, as liberdades de tempo, dinheiro e localização são absurdamente atraentes, não é mesmo?

O meio digital é um negócio vantajoso, mas não é fácil “chegar lá”. Você não se estabelece neste ramo da noite para o dia, até mesmo pela velocidade de adaptação às novidades que o mercado exige.

No entanto, nos próximos parágrafos, você terá um guia bastante objetivo de como trabalhar com marketing digital e dar aquela reviravolta na sua vida. Boa leitura!  

Por que trabalhar com marketing digital?

Já faz alguns anos que o Brasil é o país onde há mais pessoas consumindo pela Internet. Segundo o Digital Report da Hootsuite, de 2019 a 2020, foram 8,5 milhões de usuários a mais só no nosso país — um crescimento de 6%. 

Nesse cenário, o marketing digital se apresenta como um importante instrumento para:

  • Atrair clientes no mundo digital;
  • Fortalecer uma marca;
  • Expandir a rede de contatos de um negócio. 

Isso é possível porque as estratégias personalizam a comunicação entre empresa e público. 

O foco é sempre oferecer serviços de valor que resolvam os problemas das pessoas, de acordo com o contexto social, econômico e geográfico em que estão inseridas. E, a partir disso, convertê-las em clientes.

Quando um artigo do seu blog responde à dúvida de alguém, por exemplo, essa pessoa tem grandes chances de recorrer ao seu site outras vezes e, quem sabe, interessar-se em adquirir seu infoproduto. Isso é realmente incrível!

Portanto, ciente dessas informações sobre essa área que tem crescido consideravelmente no mercado digital, confira o que você precisa fazer para começar a trabalhar com marketing digital hoje mesmo.

 

 

11 passos para trabalhar com marketing digital

Para começar a trabalhar nesse mundo, vale a pena conhecer algumas práticas que podem fazer você atingir o sucesso no marketing digital. 

Por isso, separamos 11 passos essenciais que você deve seguir para começar nessa área com o pé direito! Confira!

1. Saiba onde você quer chegar

Quais são os seus desejos e objetivos ao trabalhar com a Internet? Você precisa de autoconhecimento e entender as oportunidades que existem para se encaixar na área.

Você pode empreender na internet em diversas vertentes, como:

  • Ter uma loja virtual;
  • Prestar serviço de consultorias;
  • Abrir uma agência;
  • Vender cursos online;
  • Fundar uma startup digital;
  • Entre outros.

 

2. Estude e aplique os conhecimentos adquiridos

Com uma carreira em mente, estude o máximo que puder sobre ela, sem deixar de pôr o aprendizado em prática, é claro. 

Se você escolheu o e-commerce, por exemplo, procure o máximo de conteúdo gratuito que te ensine a ter uma loja virtual. Em paralelo, crie seu negócio e faça a sua parte aos poucos.

Se você escolheu trabalhar com Design, comece pelos conteúdos gratuitos, preste serviços como iniciante, invista o dinheiro em conteúdos pagos e siga o fluxo: evoluindo e investindo em si mesmo.

Além disso, independente de qual seja o nicho escolhido, faça cursos de marketing digital para aprender como divulgar seu negócio

 

3. Faça um bom planejamento

Sem planejamento, nada feito. Por isso, estabeleça metas a serem cumpridas a curto, médio e longo prazo. Antes, saiba “aonde” você quer chegar, “por que”, “como” e quais resultados deseja obter. 

Assim, trace estratégias de comunicação, atração e retenção de clientes. Além disso, analise as métricas, entre elas, o retorno gerado por seu tráfego (orgânico e pago)

Se você não olhar os relatórios de suas ações, será impossível ter um parâmetro de comparação. Logo, não haverá como medir seus lucros e seu desempenho no mercado.

o que é webinar

 

4. Defina a sua persona

A persona ou avatar é um conceito específico, em que há detalhes quanto ao trabalho e o dia a dia do possível comprador. É um perfil semifictício baseado no seu consumidor ideal. 

Por isso, pesquise a fundo sobre o seu público-alvo (gostos, faixa etária e estilo de vida) para conseguir segmentar ações e, assim, economizar tempo, dinheiro e atingir metas.

 

5. Tenha presença online

É essencial que você esteja visível para os seus clientes e colegas de trabalho. Por isso, é interessante buscar:

  • Atualizar seu site constantemente;
  • Orientar o visitante a acessar outras seções do blog;
  • Atrair as pessoas para suas mídias sociais;
  • Construir vínculos com a audiência;
  • Entregar soluções para seus problemas.

Ademais, atente-se à presença online nos dispositivos móveis (mobile), pois o seu site deve ter um design responsivo, adaptado aos celulares, já que a compra mediada por esses aparelhos tem crescido bastante.

 

6. Escolha as redes sociais ideais

É necessário pesquisar informações sobre as redes sociais para escolher aquelas que mais fazem sentido para o seu negócio ou para a sua carreira e, assim, saber como usá-las a seu favor. 

O Instagram, por exemplo, é uma plataforma de imagem, então, vender pelo Instagram exige algumas particularidades. Portanto, preocupe-se com o visual e harmonize o feed de publicações, com uma paleta de cores adequada ao estilo da marca e ao nicho.

Já o LinkedIn é uma rede corporativa, com foco em textos, certificações e conquistas. Lá, você pode divulgar um webinar ou uma entrevista que tenha concedido à mídia. Isso está relacionado à próxima dica.

 

7. Faça networking

Além de compartilhar conteúdo, conecte-se com mais pessoas no seu ramo. Se forem pessoas relevantes, aprenda com eles. Se forem iniciantes, enxergue-os como parceiros.

Ademais, sempre que puder, vá a eventos presenciais e experimente trabalhar em escritórios de coworking. Networking é essencial para quem quer evoluir no mercado digital.

 

8. Aprenda com mentores

Se o fluxo estiver saindo como o previsto, devido à alta escalabilidade e demais benefícios do marketing digital, você terá condições de pagar mentorias, grupos Mastermind e demais sociedades.

Não é uma etapa vital para atuar com marketing digital, mas pode favorecer ainda mais para que o seu negócio cresça. 

 

9. Construa sua autoridade

Cada vez mais, as pessoas recorrem à Internet em busca de respostas às suas dúvidas. Assim como buscam um especialista para cuidar da saúde, procuram uma autoridade nas áreas do marketing digital para aprender.

Mas como começar a trabalhar na área e se tornar uma autoridade? Bem, no meio digital, leva tempo para conseguir isso, mas esse é o melhor caminho. Dessa forma, é necessário:

Banner glossário marketing digital
  • Elaborar um planejamento de conteúdo;
  • Construir um calendário de publicações;
  • Estudar o seu nicho, fazer cursos e especializações;
  • Comparar sua estratégia de marketing com a da concorrência;
  • Compartilhar com seus clientes e/ou seguidores um livro ou artigo acadêmico relacionado ao seu mercado. Isso mostra que você é alguém confiável.

Para aprender ainda mais, veja o combo de sucesso indicado pelo COO da HeroSpark, Rafael Carvalho, para construir autoridade digital:

 

10. Produza conteúdos que agreguem valor

A produção de conteúdo de valor é a “mina de ouro” do marketing digital. Com um avatar definido, pense em informações e dicas que seriam úteis e relevantes para sua audiência. 

Além disso, mantenha sempre a boa qualidade dos seus textos e aposte em posts criativos para as redes sociais, com imagens condizentes. 

Gravar vídeos em diferentes plataformas (YouTube, IGTV, Reels etc) também é uma boa alternativa. Saiba que o marketing digital exige dedicação e resiliência.

 

SEO

Além de um tema relevante, que responda às dores do lead ou do cliente, é fundamental “escrever do jeito que os buscadores gostam”. É para isso que serve o Search Engine Optimization (em português, otimização para mecanismos de busca).

Ele encaixa-se no tráfego orgânico (espontâneo, gratuito) e é crucial para consolidar sua marca na Internet e ter mais chances de ser encontrado. Por isso, fique sempre de olho nas tendências em SEO

Já no tráfego pago, há um esforço em criar anúncios baseados no perfil do público-alvo, para que eles apareçam para as pessoas certas, isto é, que tenham forte intenção em comprar o que você oferece.

As palavras-chave, subtítulos, hiperlinks, materiais multimídia, parágrafos curtos e um texto bem estruturado em relação à semântica e à sintática são atributos que conquistam qualquer buscador e atraem leads.

Além disso, invista em gatilhos mentais de copywriting, que tocam o potencial comprador. O profissional de marketing digital deve se colocar no lugar do público: a maioria das pessoas quer consumir um material coeso e coerente.

 

11. Invista em e-mail marketing

Na estratégia de e-mail marketing, você dispara mensagens (anúncios de produtos, promoções e novidades do nicho) para cultivar a relação entre você e o seu cliente, além de convencer e vender mais.

Para medir a eficiência desse método, é possível acompanhar:

  • O alcance dos e-mails;
  • A taxa de spams;
  • A taxa de abertura;
  • A quantidade de cliques em links.

Inclusive, saiba que existem ferramentas de automação que podem ajudar nisso.

 

Quais são as principais áreas de atuação no marketing digital?

Depois de conferir todos esses importantes passos para ingressar na ala dos profissionais de marketing digital, você deve estar se perguntando quais são as profissões mais populares nesse ramo, não é mesmo? Então, veja a lista que fizemos para você!

 

E-commerce

Estabelecimentos físicos, em regra geral, são dispendiosos, principalmente restaurantes. A comida do estoque pode estragar e você é obrigado a jogar no lixo. Se você tem uma loja de roupas, em algum momento também fará a queima de estoque.

Com algumas lojas virtuais você também corre esse risco, porém, é possível atingir mais clientes, desde que se faça entregas pelos Correios ou transportadoras.

 

Prestação de serviços

Outro ramo de sucesso é o do empreendedorismo individual, onde há uma infinidade de serviços digitais procurados o tempo todo pelos usuários, como:

  • Designers;
  • Copywriters;
  • Estrategistas digitais;
  • Videomakers;
  • Ilustradores;
  • Consultores;
  • Entre outros.

Inclusive, ao escalar a prestação de serviços, algumas pessoas migram para a abertura de uma pequena empresa ou agência de marketing digital.

Afiliação no marketing

Também conhecido como marketing de afiliados, essa área é uma das mais promissoras do mercado digital. Nesse sentido, a afiliação no marketing acontece quando um empreendedor contrata uma pessoa – o afiliado – para divulgar seus serviços ou produtos.

Se a partir dessa divulgação o afiliado conseguir realizar uma venda, ele ganha uma comissão por ela. No marketing digital, essa área vem crescendo muito e hoje já existem diversos programas de afiliados.

Esse trabalho pode ser realizado em casa e o afiliado pode fazer seu próprio horário. Dessa forma, a afiliação no marketing tem conquistado as pessoas que desejam ter mais flexibilidade na sua rotina.

 

Agência de marketing

As agências planejam e constroem campanhas para outras empresas ou prestadores de serviço. As que são focadas em lançamentos, por sua vez, trabalham com projetos fechados de infoprodutos e têm se mostrado extremamente lucrativas.

Os próprios atributos dos produtos digitais são alinhados com os diferenciais do marketing digital: despesa quase zero, escalabilidade global, margem de lucro maior do que a de qualquer outro setor, entre outros.

Assim, qualquer empreendedor ou companhia que comercialize infoprodutos recebe parte de todo esse lucro.

 

Cursos online 

Os cursos online são produtos digitais à parte porque são perenes, podem ser colocados em área de membros e serem vendidos como assinatura (renda passiva) e, ainda, possuem aceitação crescente pelo público. 

A Forbes projetou que esse mercado chegaria a faturar, nos EUA, $107 bilhões em 2015 e a previsão atual, para 2025, é de $325 bilhões

Treinamentos corporativos, cursos livres, mentorias… São vários os modelos de curso online. Além disso, o core business de um curso online é o seu conhecimento. Não exige a compra de matéria-prima ou de nenhum outro investimento direto.

 

plataforma cursos online

 

Qual ferramenta usar para trabalhar com marketing digital?

Até aqui foi possível perceber a importância de saber como trabalhar com marketing digital para alcançar uma boa escalabilidade na sua carreira, não é verdade?

Mas, para melhorar ainda mais a sua atuação na área, você deve contar com ferramentas de marketing que permitam economizar tempo e recursos ao ter tudo no mesmo lugar. 

E uma ferramenta que pode ajudar você nessa empreitada é a HeroSpark! 

Essa é uma plataforma que auxilia o seu negócio a divulgar e vender o seu produto digital! Com ela, você pode:

  • Criar landing pages;
  • Automatizar e-mails marketing;
  • Hospedar seus cursos online;
  • Criar seu próprio programa de afiliados;
  • E muito mais! 

A HeroSpark também conta com um programa de aceleração gratuito, que ensina tudo o que você precisa para criar o seu produto digital e começar a lucrar com ele. 

Além disso, a plataforma ainda oferece uma ferramenta voltada para a criação de funis de venda de alta conversão.

Você pode montar o seu funil em menos de cinco minutos, sem gastar nada e segmentar ainda mais o seu nicho de vendas.

Portanto, mais do que saber como trabalhar com marketing digital, é preciso contar com boas ferramentas para alcançar o sucesso. Por isso, faça um teste grátis na HeroSpark e garanta o seu lugar ao sol no mercado que você deseja atuar.

Imagem de oferta Mentoria Impulso Digital.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.